Pesquisa personalizada

Pesquisar este blog

Mostrando postagens com marcador Esqueleto-robô dá força sobre-humana a soldados. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Esqueleto-robô dá força sobre-humana a soldados. Mostrar todas as postagens

5 de jun de 2012

Atendimento Santander

Atendimento Santander
4004-3535 (Capitais e Regiões Metropolitanas)
0800 702 3535 (Demais Localidades)
Transações, Pagamentos, Consultas e Informações, 24 h por dia, 7 dias por semana.
Financeira
4004-9090 (Regiões Metropolitanas)
0800 722 9090 (Demais Localidades)
De segunda a sexta-feira, das 8h ás 20h, exceto feriados.
Informações, dúvidas, solicitações e consultas relacionadas ao seu financiamento.
Serviço de Apoio ao Consumidor
0800 762 7777
Reclamações, Cancelamentos, Sugestões, Elogios e Informações, 24 h por dia, 7 dias por semana. Atende também Deficientes Auditivos e de Fala.
Se você não ficar satisfeito com a solução apresentada pelo banco, ligue para:
Ouvidoria
0800 726 0322
De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, exceto feriados. Atende também Deficientes Auditivos e de Fala.

4 de jun de 2012

Esquadrilha da Fumaça

Criada oficialmente em 1952, a Esquadrilha da Fumaça é o Esquadrão de Demonstração Aérea da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pela divulgação da FAB em território nacional e internacional.
Composta por 13 pilotos altamente treinados e capacitados, a Esquadrilha da Fumaça opera com a aeronave T-27 Tucano, projetada e fabricada pela Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), e realiza, em média, 100 demonstrações ao ano. Em cada uma delas, o público pode acompanhar uma série de 55 acrobacias de alta performance que incluem o voo de dorso, especialidade da equipe fumaceira. Em 2006, a Fumaça alcançou o recorde voando com 12 aeronaves em formação de voo de dorso.
Apelidados pelos aviadores de Anjos da Guarda, a Esquadrilha conta com uma equipe de graduados especialistas, responsáveis pela manutenção dos Tucanos. Esses profissionais garantem a segurança, a eficiência e a disponibilidade das aeronaves.
Com mais de 3500 demonstrações realizadas no Brasil e no exterior, a Fumaça representa a oportunidade para milhares de pessoas travarem contato, de maneira emocionante e inesquecível, com a Força Aérea Brasileira, passando a respeitá-la e admirá-la pela capacidade dos profissionais que a representam.
Reconhecida mundialmente, a equipe representa o Brasil nos principais eventos aeronáuticos, tendo demonstrado em diversos países: Alemanha, Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Egito, Equador, Estados Unidos, França, Guatemala, Guiana, Honduras, Inglaterra, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela.
Atualmente, a Esquadrilha da Fumaça está sediada na Academia da Força Aérea (AFA), na cidade de Pirassununga-SP.

30 de mai de 2012

apocalipse zumbi






O ser humano adora ficar tentando imaginar como será o fim do mundo. Desde a descoberta que a Terra é redonda e que estamos flutuando em um dodecaedro espelhado o homem profecia inúmeras formas de como a vida terrestre pode terminar.

Talvez a mais batida pelos roteiristas e escritores dark é um apocalipse gerado pelo ataque de mortos vivos famintos. E, acreditem ou não, agora a ciência prova que não é impossível de acontecer. Veja porque.

O que eles são?
Parasitas que transformam suas vítimas em loucos e escravos zumbis são comuns na natureza. Há um protozoário chamado Toxoplasma gondii que parece dedicar toda sua existência à destruição.
Este parasita infecta mamíferos (ratos, por exemplo) e aves, mas só pode se reproduzir dentro do intestino de gatos (hospedeiro definitivo). Ele sabe desta necessidade e por isso “controla” o cérebro de seu hospedeiro e, intencionalmente, obriga-o a ficar dando bandeira por aí, se tornando uma presa fácil.

Como isto pode criar zumbis?
Fato: metade da população global possui toxoplasmose e não sabe! Quem sabe você não é um deles.

Há também estudos mostrando que o infectado percebe uma mudança em sua personalidade e tem uma grande chance de se tornar um doente mental.

Chances de causar um apocalipse
Ratos e humanos não são muito diferentes, é por isso que testamos nossas drogas neles primeiro. Basta uma nova versão da toxoplasmose evoluída o bastante para atuar nos seres humanos da mesma maneira como faz com os ratos. Imagine então metade da população perdendo o instinto de auto preservação de repente. (Será que não está aí a raiz de problemas como aquecimento global?)

O que eles são?
Existem alguns tipos de venenos que diminuem as funções do corpo ao ponto de deixar um indivíduo considerado como morto, mesmo para um médico. O veneno do baiacu pode fazer isto.

A vítima pode ser curada sob o efeito de drogas como a feita com a substância retirada da Datura stramonium, ou Figueira-do-inferno aqui no Brasil (nomezinho bom este, hein?), que o deixa em um transe sem se lembrar de nada, mas ainda capaz de executar tarefas básicas para sobrevivencia como comer e dormir.

Como isto pode criar zumbis?
Já aconteceu uma vez no Haiti. Há livros sobre o fato e os mais famosos são Passage of Darkness e The Serpent and the Rainbow de Wade Davis. O último livro citado é inclusive o livro que inspirou o filme "A Maldição dos Mortos Vivos".

O fato provado é a história de Clairvius Narcisse, um haitiano que foi declarado morto por dois médicos e enterrado em 1962.
18 anos mais tarde foi encontrado vagando em torno de sua vila. Na época as pessoas acreditavam que o responsável era o "padre voodoo" da região e que estaria usando elementos naturais para criar escravos zumbis e colocá-los para trabalhar em plantações de cana de açucar.

Chances de causar um apocalipse
Há esta única ocorrência de uma pessoa intoxicada, mas mesmo que um gênio do mal consiga distribuir intencionalmente estas toxinas à população ele teria um exército de retardados mentais, já que não existe uma maneira de criar zumbis agressivos ou canibais desta forma. Ainda. =)

O que eles são?
Em filmes são vírus altamente destrutivos que transformam seres humanos em máquinas de matar. Na vida real nós temos uma série de distúrbios mentais que fazem a mesma coisa. É claro que estes distúrbios nunca foram contagiosos, até conhecermos o Mal da Vaca Louca, que ataca o sistema nervoso das vacas.

E quando os humanos comem a carne?

Como isto pode criar zumbis?
Quando um humano contrai a doença, esta é chamada de doença de Creutzfeldt-Jakob. Veja os sintomas:

Dificuldades para caminhar;
Alucinações;
Falta de coordenação motora;
Atrofia muscular;
Desenvolvimento rápido de demência.
Apesar de não haver necissidade das pessoas entrarem em pânico, isto prova que a infecção generalizada pelo "vírus da raiva" é algo que pode acontecer caso exista uma espécie de vírus mais forte.


O que eles são?
Sabe toda aquela conversa sobre células tronco? Basicamente elas podem se tornar qualquer outra célula do organismo, podendo ser utlizada inclusive para a regenaração de células mortas. Focando em nosso assunto, neurogenesis é o método pelo qual podemos regenerar "partes" mortas do cérebro.

Como isto pode criar zumbis?
A ciência pode salvá-lo de várias coisas, mas não de uma morte cerebral. Pode-se trocar seus órgãos pelos de outras pessoas, mas se seu cérebro parar...você já era. Certo?

Não por muito tempo. Cientistas já são capazes de regenerar partes do cérebro de um paciente com traumatismo craniano fazendo com que o indivíduo consiga se levantar e caminhar novamente.

E mais, recentemente os cientistas conseguiram trazer um cadaver para um estado de animação e, sucessivamente, trazê-lo de volta ao mundo dos vivos (teste realizado com cães). Que tipo de mente imunda realiza testes como estes? O laboratório 2000%20 é especializado no estudo da reanimação. Eles explicam que o processo de reanimar pessoas cria um sério problema: não existe maneira de se reanimar o córtex cerebral (parte do cérebro mais externa responsável por determinar quem você realmente é, ou seja, é onde estão suas memórias, sua personalidade e tudo mais).

Por outro lado, você não precisa de um córtex cerebral para permanecer vivo. Como todos devem saber o cerebelo é a parte do cérebro responsável pelo equilíbrio, coordenação motora, blá blá blá. E adivinhem só? Esta é a única parte do cérebro humano que poderia ser regenerada! Ou seja ... o ser humano reanimado seria um alface ambulante sem personalidade, sem pensamentos e se movendo puramente por impulsos.

Chances de causar um apocalipse
Vamos pensar. Sob qualquer sistema judiciário no mundo todos os direitos e responsabilidades de um indivíduo acabam com a sua morte. Basta uma pessoa com recursos e a necessidade de escravos desmiolados e obedientes para trabalharem em suas lavouras. Quanto tempo será até que alguém tente algo assim?

Fonte
http://www.suspensa.info/post/438

Link (laboratório 2000%20 especializado em reanimação)
http://2000plus.mpg.de/e/90/article/

27 de mar de 2012

Chinês com olhos azuis que brilham no escuro.

Chinês com olhos azuis que brilham no escuro.
Hibrido Alienigena !?


Um menino surpreendeu médicos com sua incrível capacidade de visão noturna com olhos que brilham no escuro. Alguns especialistas têm estudado a visão de Nong Youhui desde que seu pai o levou para o hospital em Dahua, no sul da China, preocupado com seus brilhantes olhos azuis.
"Eles me disseram que ele iria crescer e que seus olhos brilhantes voltariam a ser pretos, como a maioria dos chineses, mas isso nunca aconteceu.",  disse o pai de Nong.
Exames médicos realizados mostraram que a criança é capaz de ler na completa escuridão e vê tão bem quanto a maioria das pessoas durante o dia.
Poderia Nong Youhui ser um alienigena?


Chuva Misteriosa. Esferas azuis gelatinosas.

Chuva Misteriosa. Esferas azuis gelatinosas.
CHUVA DE MISTERIOSAS  Esferas azuis intrigam moradores da Inglaterra. 

As bolas misteriosas não tem cheiro, são dificeis de segurar mesmo não sendo pegajosas e não derretem. 

Cientistas e pesquisadores estão ainda , estudando as tais bolas e ainda não chegaram a nenhuma conclusão  do que são e de onde vieram. Só se sabe que cairam do céu......




5 de mar de 2012

limpar smartphones e tablets


limpar smartphones e tablets
Dicas para manter as telas de LCD limpas sem correr o risco de arranhar ou de estragar o seu aparelho
Fonte:REDAÇÃO ÉPOCA

Monitores e televiões LCD, que ficam basicamente parados em escrivaninhas e racks, já são alvo fácil para a poeira, sujeira - e mesmo marca de dedos. O que dizer então de smartphones e tablets, que também têm telas LCD, mas que ficam em bolsos, são carregados pela cidade, e necessariamente precisam das marcas de dedos para funcionar? Não é difícil a tela ficar toda engordurada pelo uso, além da sujeira acumulada de outros lugares. A solução mais fácil pode ser usar a camiseta ou um pano qualquer ou papel higiênico para limpar o aparelho, mas não é a mais inteligente. Essas telas são sensíveis e precisam de alguns cuidados especiais.



Não que limpar uma tela LCD seja uma tarefa difícil: não é. Só é preciso paciência e o material certo. Primeiro, o óbvio: não faça nada com pressa e desligue os aparelhos antes da limpeza. Segundo: um pano que não solta fiapos. Pequenos resíduos deixados por panos normais e papel podem riscar e estragar as telas. A melhor escolha são os panos antiestático, tipo de tecido de microfibra vendido em lojas de fotografia e informática. Alguns aparelhos - como MacBooks - vêm com panos como esses. A flanela de microfibra também é opção para limpezas rápidas de smartphones e tablets longe de casa.

Em casa, com mais tempo, depois de tirar a sujeira mais grossa e a poeira com a flanela, dá para usar álcool isopropílico para limpar as áreas mais engorduradas. Atenção: álcool isopropílico não é o álcool de cozinha normal, que pode estragar sua tela. O álcool isopropílico substância é bastante usado em limpeza e é vendido em lojas de eletrônicos e em farmácias de manipulação. Umedeça (não muito) o tecido na substância e passe com cuidado da tela - nunca aplique diretamente o álcool ou outras substâncias líquidas no seu aparelho.

Também não esfregue o pano com força na tela. Se a sujeira não sair com uma limpeza suave, pode ser necessário algumas medidas mais profissionais: há vários kits de produtos que incluem soluções detergentes neutras especiais para a limpeza de telas, pincéis para a retirada de pó, além de panos - que não soltam fiapos - para fazer uma limpeza mais completa. Kits desse tipo podem ser comprados em lojas especializadas e também pela internet. É recomendável sempre seguir as instruções do produto. Nunca use substâncias genéricas, como limpadores de vidros, para cuidar da tela do seu smartphone ou tablet.


6 de fev de 2012

percevejos são capazes de consanguinidade com parentes

Os pesquisadores agora dizem que os percevejos são capazes de consanguinidade com parentes próximos e ainda produzir uma prole saudável. Isso significa que se apenas a alguns percevejos poucos sobreviver em um edifício após o tratamento, eles repovoar rapidamente. Isso ajuda a explicar por que é tão difícil de eliminar.

A nova pesquisa foi apresentada terça-feira em Filadélfia, na reunião anual da Sociedade Americana de Medicina Tropical e Higiene.

Percevejos são sem asas, castanha-avermelhada insetos que mordem pessoas e animais para tirar sangue para as suas refeições. Apesar de suas mordidas podem causar coceira e vergões, eles não são conhecidos por espalhar a doença.

Os pesquisadores também dizem ter encontrado várias espécies diferentes de percevejos em toda a Costa Leste, o que significa que está entrando no país a partir de muitos lugares diferentes.

5 de fev de 2012

Direitos dos Animais

Declaração Universal dos Direitos dos Animais
1 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.
2 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.
3 - Nenhum animal deve ser maltratado.
4 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.
5 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

6 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.
7 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.
8 - A poluição e a destruição do meio ambiente são considerados crimescontra os animais.
9 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.
10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais.
Preâmbulo:
Considerando que todo o animal possui direitos;
Considerando que o desconhecimento e o desprezo desses direitos têm levado e continuam a levar o homem a cometer crimes contra os animais e contra a natureza;
Considerando que o reconhecimento pela espécie humana do direito à existência das outras espécies animais constitui o fundamento da coexistência das outras espécies no mundo;
Considerando que os genocídios são perpetrados pelo homem e há o perigo de continuar a perpetrar outros;
Considerando que o respeito dos homens pelos animais está ligado ao respeito dos homens pelo seu semelhante;
Considerando que a educação deve ensinar desde a infância a observar, a compreender, a respeitar e a amar os animais,
Proclama-se o seguinte
Artigo 1º 
Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.
Artigo 2º 
1.Todo o animal tem o direito a ser respeitado.
2.O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de pôr os seus conhecimentos ao serviço dos animais
3.Todo o animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem. 
Artigo 3º 
1.Nenhum animal será submetido nem a maus tratos nem a atos cruéis. 2.Se for necessário matar um animal, ele deve de ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não provocar-lhe angústia. 
Artigo 4º 
1.Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir.
2.toda a privação de liberdade, mesmo que tenha fins educativos, é contrária a este direito. 
Artigo 5º 
1.Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente no meio ambiente do homem tem o direito de viver e de crescer ao ritmo e nas condições de vida e de liberdade que são próprias da sua espécie.
2.Toda a modificação deste ritmo ou destas condições que forem impostas pelo homem com fins mercantis é contrária a este direito. 
Artigo 6º 
1.Todo o animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural. 
2.O abandono de um animal é um ato cruel e degradante. 
Artigo 7º 
Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.
Artigo 8º 
1.A experimentação animal que implique sofrimento físico ou psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer que seja a forma de experimentação.
2.As técnicas de substituição devem de ser utilizadas e desenvolvidas. 
Artigo 9º 
Quando o animal é criado para alimentação, ele deve de ser alimentado, alojado, transportado e morto sem que disso resulte para ele nem ansiedade nem dor.
Artigo 10º 
1.Nenhum animal deve de ser explorado para divertimento do homem. 
2.As exibições de animais e os espetáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal. 
Artigo 11º 
Todo o ato que implique a morte de um animal sem necessidade é um biocídio, isto é um crime contra a vida.
Artigo 12º 
1.Todo o ato que implique a morte de grande um número de animais selvagens é um genocídio, isto é, um crime contra a espécie.
2.A poluição e a destruição do ambiente natural conduzem ao genocídio. 
Artigo 13º 
1.O animal morto deve de ser tratado com respeito.
2.As cenas de violência de que os animais são vítimas devem de ser interditas no cinema e na televisão, salvo se elas tiverem por fim demonstrar um atentado aos direitos do animal. 
Artigo 14º 
1.Os organismos de proteção e de salvaguarda dos animais devem estar representados a nível governamental.
2.Os direitos do animal devem ser defendidos pela lei como os direitos do homem.

26 de jan de 2012

óxido nitroso Poluentes Inorgânicos

Poluentes Inorgânicos do ar

Incluem-se nesta classe poluentes de vários tipos, como gases e particulados. Muitas substâncias sólidas e líquidas podem vir a ser particulados contaminantes do ar. Os óxidos de carbono, enxofre e nitrogênio também são considerados poluentes inorgânicos quando presente em grandes quantidades.
Muitos dos gases poluentes do ar aparecem na atmosfera através de atividades humanas, os mais comuns são CO, SO2, NO e NO2, na ordem de 100 milhões de toneladas por ano, sendo que a quantidade emitida destes gases ainda é pequeno em relação à quantidade de CO2 presente no ar.
Outros gases poluentes são amônia (NH3), óxido nitroso (N2O), ácido sulfídrico (H2S), cloro (Cl2), ácido clorídrico (HCl) e ácido fluorídrico (HF) também emitidos por atividades humanas (Manahan, 2001).

Partículas na atmosfera

O tamanho dessas partículas é de aproximadamente 0,5 milímetro (como pequenos grãos de areia ou orvalho) e são originadas de uma grande variedade de materiais e objetos discretos que podem ser sólidos ou gotículas de líquidos.
Aerossóis atmosféricos são partículas sólidas ou líquidas com diâmetro menor que 100mm. Partículas poluentes entre 0,001 e 10mm estão comumente suspensas no ar próximas a fontes de poluição, como a atmosfera urbana, plantas industriais, rodovias e fábricas em funcionamento (Manahan, 2001).
Exemplos de partículas sólidas menores são: as fuligens (carbono preto), iodeto de prata, núcleos de combustão e núcleos de sal formados através da perda de vapor d'água proveniente do mar.
Partículas maiores incluem pó de cimento, poeira e carvão pulverizado. Matéria particulada líquida inclui pingos de chuva, névoa e gotas de ácido sulfúrico. Algumas partículas são de origem biológica, como vírus, bactérias, esporos bacterianos, esporos de fungos e pólen. Os particulados podem ser orgânicos ou inorgânicos; ambos os tipos são contaminantes atmosféricos muito importantes.

Monóxido de Carbono

O CO é um gás incolor, inodoro e tóxico. É um dos principais poluentes da atmosfera, sua concentração total é de aproximadamente 0,1ppm. O monóxido de carbono é um dos gases emitidos pelos escapamentos dos automóveis (combustão incompleta de materiais que contêm carbono (1), como os combustíveis fósseis), mas muito desse gás está presente como intermediário da reação de oxidação do metano pelo radical hidroxila (2) (Manahan, 2001; Lee, 2000).

O monóxido de carbono é um gás inerte, não constituindo grande ameaça à vegetação ou aos materiais expostos à atmosfera. No entanto, se aspirado em determinadas quantidades pode causar a morte.
No sangue ele possui um efeito muito perigoso quando forma um complexo estável com a hemoglobina: se aproximadamente 2% dela estiver ligada ao CO, a atividade normal da pessoa fica debilitada. Se esse percentual estiver entre 10 e 20% pode causar a morte do indivíduo. O complexo formado impede o transporte de oxigênio pelo corpo, levando, inicialmente, à inconsciência e depois à morte.

Considerando que a combustão interna de máquinas é a fonte primária de emissões do monóxido carbono, medidas controladas estiveram concentradas em automóveis. Os automóveis mais modernos utilizam catalisadores (metais nobres) que auxiliam na oxidação do CO em CO2, diminuido assim a emissão de monóxido de carbono na atmosfera (Manahan, 2001; http://www.sicap.com.br/portugues/catalisador/saude.htm). O tempo de residência do CO na atmosfera é pequeno, sua destruição ocorre na reação com o radical hidroxila, transformando-o em gás carbônico:

Gás Carbônico (CO2)

O CO2 é, dos óxidos, o mais abundante, ele é um constituinte natural e é necessário ao crescimento das plantas. A quantidade de dióxido de carbono na atmosfera é de aproximadamente 365 ppm em volume, mas essa quantidade está aumentando cerca de 1 ppm por ano.
A fotossíntese efetuada pelas plantas remove cerca de 360 bilhões de toneladas de CO2 da atmosfera, a mesma quantidade deve ser devolvida à atmosfera pela respiração de plantas e animais ou pela putrefação de restos de animais ou plantas (Lee, 2000).
A queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás natural), e de florestas liberam para a atmosfera cerca de 25 bilhões de toneladas de CO2 por ano. A decomposição térmica de calcário na fabricação de cal libera aproximadamente 100 milhões de toneladas de CO2 (Lee, 2000).

O aumento da quantidade de CO2 juntamente com outros gases causa o aquecimento geral da atmosfera, o chamado "efeito estufa".

Dióxido de enxofre (SO2)

O SO2, muito comum na baixa atmosfera, também é um importante poluente, podendo ser de origem natural ou artificial. O SO2 natural é proveniente de erupções vulcânicas e da decomposição de animais e vegetais, no solo, nos pântanos e nos oceanos. O artificial resulta da queima de combustíveis fósseis, como o petróleo e seus derivados, como por exemplo, a gasolina (Manahan, 2001; Atlas do Meio Ambiente do Brasil, 1996).
A hulha (FeS2) contém de 1 a 3% de enxofre (S), sua queima produz também o dióxido de enxofre pela reação abaixo. Os óleos pesados da destilação de petróleo contêm de 1 a 2% de S. No Brasil esse teor chega a 5%. Um teor de 0,1 a 0,2 ppm já causa danos às pessoas com doenças respiratórias, 0,3 ppm de SO2 causa sérios danos aos vegetais.

Muitos fatores como temperatura, umidade, intensidade da luz, transporte atmosférico e característica de materiais particulados na superfície podem influenciar as reações do dióxido de enxofre na atmosfera. Assim como outros gases poluentes, o SO2 sofre reações químicas formando partículas. Boa parte do dióxido de enxofre na atmosfera é oxidada a ácido sulfúrico e sulfatos, particularmente sulfato de amônio e sulfato de hidrogênioamônio.
O principal efeito sobre a saúde é no aparelho respiratório: o SO2 causa irritação e aumenta a resistência do canal respiratório, principalmente em pessoas asmáticas e com deficiência respiratória, além de secreções da mucosa nasal.
O SO2 quando é convertido em ácido sulfúrico provoca a chuva ácida que pode destruir as plantas. Os danos causados são pequenas manchas sobre as folha, exatamente onde tocam as gotículas (Manahan, 2001).

Uma maneira de reduzir a presença desse gás na atmosfera é a remoção do enxofre do carvão e do óleo antes da combustão através da injeção de calcário (CaCO3), pulverizado nas fornalhas. A decomposição do calcário produz cal (CaO) e CO2, o CaO reage com o SO2 formando sulfito de cálcio:

As partículas sólidas de CaSO3 e boa parte de SO2 são removidos do gás de combustão por uma suspensão aquosa de cal, mas a remoção ineficiente e a grande quantidade de combustível a ser tratada torna o processo um pouco dispendioso, não sendo muito utilizado.

Óxidos de Nitrogênio

Os óxidos de nitrogênio mais encontrados na atmosfera são o óxido nitroso (N2O), óxido nítrico (NO) e dióxido de nitrogênio (NO2).
O óxido nitroso é gerado microbiologicamente e é relativamente inerte na baixa atmosfera e não influencia muito nas reações químicas. Seu nível diminui com a altitude na estratosfera causado por reações fotoquímicas.

Alguns reagem com oxigênio atômico:

Essas reações são importantes em termos da diminuição da camada de ozônio, como citado anteriormente (Manahan, 1997).
Cerca de 60% das emissões de óxido nitroso (N2O) provém de fontes naturais; ele é encontrado em grande abundância nos oceanos e o restante em emanações de solos, principalmente os tropicais. A concentração deste gás era constante no período pré-industrial dos países desenvolvidos, seu nível era de cerca de 275ppb, e atualmente, com uma taxa anual de 0,25% alcançou 312 ppb. O N2O é um sub-produto em ambientes terrestres e aquáticos de processos de desnitrificação e nitrificação.
O monóxido de nitrogênio (NO) e o dióxido de nitrogênio (NO2) são poluentes provenientes do escape de veículos motorizados, aviões, centrais termoelétricas, fábricas de fertilizantes, de explosivos ou de ácido nítrico, incineradores e queimadas.
O ar utilizado na combustão dentro dos motores dos automóveis possui, logicamente, oxigênio e também nitrogênio. Com o aumento da temperatura a valores suficientemente altos, ocorre a reação entre estes gases produzindo, principalmente, óxido nítrico (NO).

Este gás é oxidado formando dióxido de nitrogênio (NO2):

O NO2 reage com água formando ácido nítrico (causador da chuva ácida) e óxido nítrico:

Os gases expelidos pelos veículos automóveis podem conter até 1.000 ppm de óxidos de nitrogênio, mas com o uso de catalisadores, o NO presente nos combustíveis é transformado em N2, um gás pouco reativo e um importante componente da atmosfera.
O fumo de cigarros também contém óxidos de nitrogênio em concentrações de até 300 ppm. Os gases de escape e fumo de cigarros são produzidos em recintos fechados, dificultando a diluição destes gases, principalmente por estarem em concentrações muito elevadas. Pequenas quantidades de óxidos de nitrogênio formam-se durante as tempestades e na solda elétrica.
Os óxidos de nitrogênio sofrem, no meio ambiente, transformações fotoquímicas que levam à formação de ozônio (O3), o chamado smog fotoquímico(http://www.geocities.com/RainForest/Canopy/9399/Ambiente_Global/air/gases.html).
O NO é um gás praticamente inofensivo e puro, não representa graves perigos à saúde. O NO2 é um gás de cor castanho-avermelhado, de odor característico tóxico e muito irritante. Uma pessoa que aspire este gás sente imediatamente ardência nos olhos, no nariz e nas mucosas em geral (http://www.cdcc.sc.usp.br/quimica/ciencia/chuva.html; http://www.zemoleza.com.br/trabalho.asp?cod=596; http://www.zemoleza.com.br/trabalho.asp).

óxido nitroso


Por muito tempo, o óxido nitroso foi conhecido como gás hilariante ou gás do riso, pela capacidade que possui de provocar contrações musculares involuntárias na face das pessoas, dando a impressão de que ela está rindo.

O óxido nitroso se apresenta na forma de um gás incolor,

nitro para carro:

saiba mais...

composto portanto de duas partes de nitrogênio e uma de oxigênio, cuja fórmula química é N2O e sua fórmula estrutural é N--N--O. É sempre usado na forma gasosa e normalmente manuseado na forma líquida em cilindros de alta pressão ou tanques criogênicos, porém vaporiza facilmente a baixas pressões.

Quando liberado na atmosfera como resíduo das atividades industriais é considerado um gás poluente, formando uma camada de cor castanho-avermelhada na direção da linha do horizonte. Esse composto atua como um gás de efeito estufa provocando o surgimento de ilhas de calor nas grandes cidades.

Sendo um agente inalatório, o Óxido Nitroso tem sua maior aplicação na área médica. Administrado juntamente com o Oxigênio, possui efeito analgésico e sedativo. Em anestesia geral, a adição de Óxido Nitroso ao Oxigênio permite uma redução da quantidade do agente anestésico mais caro, obtendo-se o mesmo efeito. Para fins industriais é utilizado principalmente na fabricação de chantilly.

A maior parte do ar que respiramos é constituída por moléculas de nitrogênio, muito estáveis. Decompô-las e usá-las como moléculas vivas requer muita energia – e nossos pulmões não conseguem fazer isso. Por isso é comum que animais e plantas morram de fome ou fiquem raquíticos por falta de nitrogênio – um daqueles casos de “morrer de sede à beira da água”. Só algumas poucas bactérias do solo especializadas são capazes de retirar o nitrogênio do ar. Todas as plantas retiram seu nitrogênio dessas espécies de bactérias simbióticas; todos os animais, inclusive o homem, retiram seu nitrogênio das plantas. Outras espécies de bactérias – as da deterioração – eventualmente devolvem o nitrogênio ao ar.

É raro haver vínculos assim tão limitados e específicos entre as esferas da Terra.

No caso do nitrogênio é um elemento que enche a atmosfera e toda a biosfera precisa desesperadamente dele – e, mesmo assim, praticamente a única ligação entre as duas esferas é uma bactéria microscópica.

O oxido nitroso vem se acumulando na atmosfera. A concentração desse gás já chegou a 300 partes por milhão e aumenta à razão de 2% por década. Este índice pode parecer pequeno, mas na verdade revela uma grande perturbação global, que existe e cresce pelo menos desde o inicio dos anos 60. São mais de 5 milhões de toneladas de oxido nitroso por ano, cerca de 25% do que a biosfera produz naturalmente.






19 de jan de 2012

acesso gratuito à Internet Wi-Fi

Máquinas de refrigerantes no japão oferecem acesso gratuito à Internet Wi-Fi

Como era de se esperar,tudo começa no japão..o governo já estava querendo implantar a tecnologia desde dezembro,mas agora foi confirmado,que na minha opinião é uma idéia de markenting genial.

Imagine você podendo(e tendo) que ficar perto de uma máquina de refrigerantes,para poder navegar,jogar online junto com um monte de gente,que provavelmente vão estar fazendo a mesma coisa que você?seria irresistível você não comprar um refrigerante nesse tempo.

A Asahi Soft Drinks Co desenvolveu uma máquina de venda automática que oferece conexão Wi-Fi gratuita à Internet.

A empresa disse em seu site que 1.000 máquinas de venda automáticas Wi-Fi,serão lançadas até o final deste mês em Tokyo,nas regiões de Chubu e Kinki,bem como Fukuoka.Ele disse que planeja expandir o número para 10 mil em cinco anos.

O serviço de Internet gratuita a serem fornecidos em associação com Freemobile,estará disponível em dois tipos,Asahi disse.
Uma vai exigir o registro via e-mail,e um não,mas ambos os serviços serão gratuitos.

Asahi diz que as sessões terão tempo limite de 30 minutos e que o hotspots wireless estará disponível num raio de 50 metros das máquinas.WPA2-PSK de segurança serão fornecidas.
Fonte Japandaily

11 de jan de 2012

implante de memoria

A Atrápalo está procurando candidatos para uma pesquisa pioneira em implatação de memória..



Se você achou que minha propaganda foi enganosa,entre no site da Atrápalo e veja um site totalmente em flash com um ambiente futurístico(lembrando muito o filme ' a ilha'),uma música psicodélica,lhe prometendo implantar suas memórias mais agradáveis com  sessões de 2h 15 minutos por dia,o site tem até referências ao filme matrix onde você pode escolher a porta azul e voltar a sua vida cotidiana,ou escolher a porta vermelha e finalmente descobrir que era só uma pegadinha do malandro.

Lá você tem que preencher um cadastro para ver se você está ápto a passar pelo teste.
O que muitos não sabem é que o seu cadastro só vai servir para que eles lhe enviem emails com promoções de viagens,hóteis,restaurantes,já que é isso que Atrápalo faz,como se fosse um outro groupon ou peixe urbano da vida e nada mais.

Se você entrar no site terá um pequeno link escrito 'quer saber a verdade?' e será encaminhado para uma página no facebook deles,onde eles explicam realmente do que se trata.
Pelo jeito a propagando surtiu um baita efeito,ja que começou hoje e ja tem mais 14,000 pessoas que curtiram.
Com certeza uma ótima jogada de markenting.

5 de jan de 2012

tecnologia Samsung para "entrar" na tv

Nova tecnologia Samsung para "entrar" na tv

A Samsung mostrou recentemente na Tailândia no Samsung’s
Empire,uma nova tecnologia de interação usuário-televisão.


Foram mostrados a "Samsung TLCD" e "Samsung Nano Chip",que é uma
televisão sem bordas,onde você é capaz de entrar nela
literamente,fazendo parte do que está sendo mostrado.

O "LED Flex Stripes",modela-se e se ajusta com a estrutura da tv,junto
com o efeito 3D cria-se uma animação espetacular mostrado na tela.O
show
de animação apresenta

a "
Transformação"
com
CG Motion Graphic.

Máquinas
de refrigerantes no japão oferecem acesso gratuito à Internet Wi-Fi
Toshiba
inventa dispositivo que diz descontaminar o solo radioativo
Auto
limpeza criada através de nanopartículas
Armazenando
energia solar pelo efeito estufa

O público terá a oportunidade
de ter a experiência com a tecnologia inteligente "Samsung TLCD",que é
uma inovação de uma tela LCD transparente e o "Samsung Nano Chip",um
chip gênio da Samsung.



Na Zona de Design,o público vai ver os produtos da Samsung de
destaque,que já receberam prêmios mundiais também.


Além da apresentação de produtos interativos,a Samsung manifesta a sua
atenção ao meio ambiente através Zona Greenovation.O edifício principal e
as paredes são projetadas para serem amigos do ambiente. Os materiais
são biodegradáveis e a prova de ruído.O gerenciamento do sistema de
ventilação também diminui a temperatura do edifício.
 A Samsung espera que o show de inovação da Feira na Tailândia,seja mais
um canal para os consumidores para testemunhar tecnologia de ponta que
ajuda a criar comodidade e tornar a vida mais fácil para satisfazer o
estilo de vida dos consumidores no futuro.A Samsung acredita que vai impressionar mais de
5 milhões de pessoas esperadas para a BOI Fair",disse o Sr
Chandvipa,diretor de Marketing Corporativo Samsung ma Tailândia.

Como calcular o Imposto de Renda retido na fonte

Como calcular o Imposto de Renda retido na fonte? IR aprenda a calcular.

                 Depois de muito procurar e só encontrar informações desencontradas, resolvi fazer um resumão sobre como funciona o Imposto de Renda no Brasil.

                  Este blog tem por objetivo ser simples e objetivo para que, nós que somos leigos, entendamos um pouco melhor sobre o que nos cobram. Então aqui está o resumo sobre como funciona o IR.

                  Entender como o IR é cobrado é o primeiro passo para pagar menos imposto. Se você souber como que ele funciona vai poder decidir qual é a melhor forma de declará-lo, aumentando sua restituição.

                   Desde já peço que se tiveres alguma sugestão de melhoria, estarei aberto a críticas e sugestões. Solicito somente que, se gostares, promova esta matéria que é do interesse de todos.

                    As explicações deste resumo são atemporais, ou seja, desde que não se mude a forma como o IR é cobrado você pode usar estas explicações no futuro para calcular o seu IR. Basta, para isso, que aplique a tabela do ano em exercício que você estiver e fazer os devidos ajustes nos cálculos. 

*Como o ano de 2011 foi "quebrado" no meio por duas tabelas de IR, fiz um resumo sobre como será durante o ano de 2012 para a declaração de 2013. Porém, a maneira de declarar em 2012 para o exercício de 2011 será a mesma, só que somada com a inconveniencia de calcular a proporcional de Janeiro a Março com uma tabela e Abril a Dezembro com outra.

Utilize-se das tabelas do ano que pretende declarar na hora de fazer os cálculos.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Do princípio. O que é o Imposto de Renda?

O imposto sobre a renda ou imposto sobre o rendimento é um imposto existente em vários países, em que cada pessoa ou empresa é obrigada a deduzir uma certa porcentagem de sua renda média anual para o governo federal. Esta porcentagem pode variar de acordo com a renda média anual, ou pode ser fixa em uma dada porcentagem.

Na prática é um imposto que todo cidadão paga caso tenha uma remuneração mínima tributável anual, valor esse que é estipulado pelo Governo.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que é renda tributável?

Renda tributável é o valor que você EFETIVAMENTE utilizará como base de cálculo para o IR.

Sua renda tributável pode ser considerada Mensalmente ou Anualmente. Ela será considerada mensalmente para fins de referência de quanto imposto você pagará mensalmente. Porém, como o IR é um imposto anual na prática você acabará pagando por toda sua renda auferida no período do ano a que se referir a declaração.


Sua Renda Tributável é seu Salário Bruto subtraído dos Descontos na Fonte


Exemplos de Descontos na Fonte

  • Valor referente aos dependentes legais, que em 2012 era R$ 164,56 por dependente. 
  • Percentual de Contribuição ao INSS condicionado ao teto pago pela instituição.

TABELA VIGENTE DO INSS
Tabela de contribuição dos segurados empregado, empregado doméstico e trabalhador avulso, para pagamento de remuneração
a partir de 1º de Julho de 2011

Salário-de-contribuição (R$)                    Alíquota para fins de recolhimento
                                                                                    ao INSS (%)

até 1.107,52                                                                        8.00

de 1.107,53 até 1.845,87                                                     9,00

de 1.845,88 até 3.691,74                                                     11,00
http://www.mps.gov.br/conteudoDinamico.php?id=410

---------------------------------------------------------------------------------------------------



Sua Renda  Tributável será:

Renda Bruta – (% da tabela do INSS) x (Renda bruta) – (número de dependentes legais) x (Desconto por dependente) = Renda tributável.

Para o exemplo de alguém que ganhe R$ 1.500,00 de Renda Bruta e tenha 2 dois Dependentes Legais, teremos:

R$ 1.500,00 – (9%) x (R$ 1.500,00) – 2 x (R$ 164,56) = R$ 1035,88

Ou seja, a Renda Bruta Mensal desse cidadão é de R$ 1035,88 para fins de cálculo de IR. E é esse valor que ele deverá utilizar na tabela de IR para saber quanto IR ele terá que pagar.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------


Para o caso de alguém que ganhe Renda Bruta de R$ 3.500,00 e 4 dependentes legais , teremos:

Renda Bruta – (% da tabela do INSS) x (Renda bruta) – (número de dependentes legais) x (Desconto por dependente) = Renda tributável.

R$ 3.500 – (11%)x(R$ 3.500,00) – (4)x(164,56) = R$ 2.456,76 de Renda tributável.

São estes R$ 2.456,76 que serão utilizados na Tabela Progressiva Mensal do IR que você verá a seguir.
                                          


-------------------------------------------------------------------------------------------------------
Para o caso de alguém que ganhe acima do teto do INSS, os 11% serão aplicados somente até o teto oferecido pela instituição.

No caso de alguém que ganhe R$ 5.000,00 e tenha 3 dependentes legais, teremos:

Renda Bruta – (% da tabela do INSS) x (Renda bruta) – (número de dependentes legais) x (Desconto por dependente) = Renda tributável.


R$ 5.000,00 – (11%)x(R$ 3.691,74 [teto do benefício]) – (3)x(R$ 164,56)= R$ 4.100,22 de Renda Tributável.                

Com isso a gente observa que a “facada do IR” é um pouco menor do que a gente imaginava, porque o INSS e o valor referente a cada dependente são descontados antes da mordida do Leão.
A Renda tributável que você aprendeu a calcular aqui é o valor que será utilizado como referência para a Base de Cálculo Mensal em R$ que veremos em seguida.



---------------------------------------------------------------------------------------------------------

IR propriamente dito.

Existem diferentes alíquotas, referentes às diferentes rendas que os cidadãos auferem.
Afinal, não é justo que quem ganhe “pouco” pague a mesma quantidade de imposto que paga alguém que ganha “muito”.

ALÍQUOTA é o percentual (0%; 7,5%; 15%; 22,5% e 27,5%) referente a cada faixa salarial. Quem ganha menos paga menores percentuais do que quem ganha mais.

Na tabela abaixo podemos ver na coluna Base de cálculo Mensal quais faixas de renda tributáveis são taxadas e em quanto cada faixa de renda é taxada. Essa tabela é referente à declaração efetuada em 2013 sobre a renda efetiva do ano de 2012. Ou seja, no início do ano você declara a renda do ano anterior.

Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para o exercício de 2013, ano-calendário de 2012.
Base de cálculo mensal em R$
Alíquota %
Parcela a deduzir do imposto em R$
Até 1.637,11
-
-
De 1.637,12 até 2.453,50
7,5
122,78
De 2.453,51 até 3.271,38
15,0
306,80
De 3.271,39 até 4.087,65
22,5
552,15
Acima de 4.087,65
27,5
756,53

 [Para fazer a declaração do Exercício 2012, ano calendário 2011 (hoje é 03/01/2012) utilize a tabela de 2011 no link abaixo]
http://www.receita.fazenda.gov.br/aliquotas/contribfont2012a2015.htm  

Na tabela acima observamos que os trabalhadores posuem Renda Tributável até R$ 1.637,11 por mês possuíam alíquota de 0% no seu IR. Ou seja, no final do ano essas pessoas eram isentas de apresentar a declaração do IR porque não atingiram o mínimo tributável definido pelo Governo.

Perceba que R$1.637,11 é o valor máximo que a Renda Tributável média mensal do trabalhador pode alcançar para que ele seja considerado isento no período do ano corrente. Como o IR é um imposto ANUAL o máximo que esse trabalhador pode ganhar no ano para ser isento é R$ 19.645,32 (Veja a tabela progressiva anual que vem lá embaixo.)..

Então, mesmo que o trabalhador ganhe menos do que R$ 1.637,11 por mês (teto de isenção), mas possua outras fontes tributáveis de renda, poderá acontecer de ele sair da faixa de isenção do IR. Qualquer valor médio acima do máximo não tributável sairá da faixa de isenção. (verifique se suas rendas extras são tributáveis).

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Já os trabalhadores que no ano de 2012 ganharem renda tributável média mensal  entre
R$1.637,12 e  R$ 2.453,50 estarão sujeitos a uma alíquota de 7,5% no IR.

Daí vem a pergunta que todos fazemos: é justo um trabalhador que ganha R$ 1.638,00 (poucos centavos acima do limite de isenção) pagar 7,5% de IR? Não, não é. E pra nossa surpresa não é assim que acontece.

Se assim fosse o desconto de 7,5% sobre os R$ 1.638,00 geraria um salário real de R$ 1515,15. Ou seja, seria vantajoso ter um salário entre R$ 1.515,15 e 1.637,11 do que receber pouco acima do limite de isenção.

E foi por causa dessa pergunta que eu resolvi estudar um pouco sobre o IR. E para a surpresa de nós que somos leigos no assunto o IR é mais justo do que parece. Pois as alíquotas referentes as faixas salariais só incidem sobre o que exceder a base de cálculo anterior. 


Essa lógica acompanha todas as faixas de renda. Então entre zero e o Limite de Insenção qualquer trabalhador paga 0% de IR. Na faixa de 7,5% pagar-se-á somente 7,5% sobre o que ultrapassar a faixa de isenção. Na faixa de 15% pagar-se-á 0% até a faixa de isenção, 7,5% somente na faixa estipulada por esta alíquota e, efetivamente, pagar-se-á 15% só sobre o que exceder a renda que ultrapasse o teto da alíquota de 7,5% da Base de cálculo mensal.  Assim, 'substantivamente' até a faixa de 27,5%.

Então, por exemplo: no caso de alguém que ganhe R$ 2.000,00 mensais após ter descontado o INSS e o valor referente aos dependentes legais, teremos:

R$  1.637,11 com isenção. Ou seja, mesmo o trabalhador que ganhe acima desse valor não terá que pagar imposto sobre o valor entre zero e o limite de isenção e a alíquota de 7,5% vai incidir somente sobre a diferença que falta para completar os R$ 2.000,00.

Logo, a alíquota de 7,5% incidirá somente sobre os R$ 362,89 que faltam para completar os R$ 2.000,00 tributáveis do trabalhador. O que gera um imposto a ser pago mensamente de R$ 27,22 para o referido caso.


Perceba que eu calculei os 7,5% de imposto somente sobre a diferença entre o limite de isenção dado na tabela e o salário de R$ 2.000,00 do trabalhador. Para não precisar sempre ficar aplicando a alíquota somente sobre a diferença tributável, a Receita Federal criou a Parcela a deduzir do imposto em R$.

Para simplificar os cálculos a tabela foi desenvolvida. Para sabermos quanto de IR teremos que pagar basta aplicarmos a alíquota referente à nossa faixa salarial mensal sobre a nossa Renda Tributável e subtrairmos da Parcela a deduzir do imposto em R$.

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

No exemplo do trabalhador que ganhe R$ 2.000,00 de Renda Tributável (após os descontos de INSS e de dependentes) observamos que ele se encontra na alíquota de 7,5%.


Para saber quanto de IR ele deverá pagar mensalmente usaremos:

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

R$ 2.000 x 7,5%  - 122,78 = R$ 27,22
Mesmo valor encontrado anteriormente.


A Parcela a deduzir do imposto em R$ nada mais é, então, do que um valor que devemos subtrair do imposto a ser pago para corrigir o fato de simplificarmos a conta com a utilização da tabela. Note que cada alíquota tem a sua Parcela a deduzir do Imposto em R$. E é a alíquota referente a cada faixa salarial que você deve utilizar na hora de calcular o imposto devido.




-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para alguém que tenha uma renda tributável de R$ 2.500,00 (após desconto INSS e dependentes), teremos:

R$ 2.500,00 x 15% - R$ 306,80= R$ 68,20

(Renda Tributável) x (Alíquota)- (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para R$ 5.000,00 (após os descontos de INSS e Depententes), teremos:

R$ 5.000,00 x 27,5% - R$ R$ 756,53= R$ 618,47

(Renda Tributável) x (Alíquota)- (Parcela a deduzir do imposto)= (de IR mensal).

Então, o IR pago mensalmente na fonte de de um trabalhador que ganhe R$ 5.000,00 após os descontos de INSS e Dependentes é de R$ 618,47.

Para assistir a um vídeo que explica como funciona a taxação demonstrada até aqui acesse: http://noticias.uol.com.br/ultnot/multi/2010/03/18/0402983366CCB95326.jhtm?who=0

______________________________________________________________________

Se preferirmos, podemos calcular através de nossa Renda Anual pela tabela seguinte: 
        
Tabela Progressiva para o cálculo anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física para o exercício de 2013, ano-calendário de 2012. *
Base de cálculo anual em R$
Alíquota %
Parcela a deduzir do imposto em R$
Até 19.645,32
-
-
De 19.645,33 até 29.442,00
7,5
1.473,40
De 29.442,01 até 39.256,56
15,0
3.681,55
De 39.256,57 até 49.051,80
22,5
6.625,79
Acima de 49.051,80
27,5
9.078,38

A tabela acima mostra a projeção da renda mensal de cada faixa salarial para o período de 12 meses. Como o IR é um imposto anual essa é a tabela mais clara utilizada para os cálculos. É sobre esta tabela que se fará o ajuste do IR e os cálculos para as deduções e isenções nas vias de fato. A tabela anterior serve de referência para faixas salariais e impostos recolhidos mensalmente.

O princípio, no entanto, é o mesmo.

Trabalhadores que receberam mensalmente até R$1.637,11 (na tabela mensal) terão recebido Até 19.645,32 (na tabela anual).

A Parcela a deduzir do imposto em R$ é, também, nada mais do que a projeção do valor mensal para 12 meses de exercício.

Parcela a deduzir do imposto em R$ (da tabela mensal) x 12 meses = Parcela a deduzir do imposto em R$ (da tabela anual).

Uma forma de cálculo é a projeção da outra para o período correspondente. No entanto a Tabela Progressiva para o cálculo anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física pode ser mais prática na hora de colocar no papel tudo que se ganhou e o que se pagou de IR.





--------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fazendo o cálculo completo para o cálculo mensal:

Suponha que alguém possua Renda Bruta de R$ 3.500,00 e tenha 3 dependentes legais.

Da Renda Bruta descontar-se-á o valor correspondente do INSS e o Abatimento por Dependentes.


Sua Renda  Tributável será:

Renda Bruta – (% da tabela do INSS) x (Renda bruta) – (número de dependentes legais) x (Desconto por dependente) = Renda tributável.

R$ 3.500 – (11%)x(R$3.500,00)-(3)x(R$164,56) = R$ 2.621,32

Renda tributávelR$ 2.621,32


A partir dessa renda tributável será calculado o IR.

Consultando a Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física e utilizando a Renda tributável de R$ 2.621,32, temos:

Alíquota de 15%
Parcela a deduzir do imposto  de R$ 306,80 (pela tabela mensal)

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

(R$ 2.621,32) x (15%) – (R$ 306,80) = R$ 86,40 de IR Mensal.

Se multiplicarmos o IR mensal de R$ 86,40 pelo número de meses do ano, essa pessoa terá pago no ano um IR de R$ 1036,80




Se usássemos a tabela anual daria no mesmo.

Renda mensal tributável de R$ 2.621,32 geraria em 12 meses uma Renda anual tributável de R$ 31.455,84.

Utilizando-se da Tabela Progressiva para o cálculo anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física

Teríamos Também alíquota de 15%
E uma Parcela a deduzir do IR de R$ 3.681,55 [pela tabela anual] (perceba que R$ 3681,55 (dividido por) 12 meses é igual a R$ 306,80)

Logo:

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

(R$ 31.455,84) x (15%) – (R$ 3.681,55) = R$ 1036,82
No caso citado o IR pago no ano por alguém que receba mensalmente R$ 3.500,00 bruto corresponde a R$ 1.036,82.

E são esses R$ 1.036 que ele vai tentar restituir do IR.

_____________________________________________________________________________

  

Um exemplo de alguém que ganhe bruto R$ 5.000,00 e que possua apenas um dependente:

Da Renda Bruta descontar-se-á o valor correspondente do INSS e o Abatimento por Dependentes.

Renda Bruta – (% da tabela do INSS) x (Renda bruta) – (número de dependentes legais) x (Desconto por dependente) = Renda tributável.

R$ 5.000,00 – (11%)x(R$3.691,74[teto do inss])-(1)x(R$164,56) = R$ 4.429,35

Renda tributávelR$ 4.429,35

A partir dessa renda tributável será calculado o IR.

Consultando a Tabela Progressiva para o cálculo mensal do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física e utilizando a Renda tributável de R$ 4.429,35, temos:

Alíquota de 27,5%
Parcela a deduzir do imposto  de R$ 756,53 (pela tabela mensal)

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

(R$ 4.429,35) x (27,5%) – (R$ 756,53) = R$ 461,54 de IR Mensal.

Se multiplicarmos o IR mensal de R$ 461,54 pelo período de 12 meses, teremos pago no ano um IR de R$ 5.538,48

----
Se usássemos a tabela anual daria no mesmo.

Renda mensal tributável de R$ 4.429,35 geraria em 12 meses uma Renda anual tributável de R$ 53.152,20.

Utilizando-se da Tabela Progressiva para o cálculo anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física

Teríamos Também alíquota de 27,5%
E uma Parcela a deduzir do IR de R$ 9.078,38 [pela tabela anual] (perceba que R$ 9.078,38 (dividido por) 12 meses é igual a R$ 756,36

Logo:

(Renda Tributável) x (Alíquota) - (Parcela a deduzir do imposto)= (IR mensal).

(R$ 53.152,20) x (27,5%) – (R$ 9.078,38) = R$ 5.538,48

No caso citado o IR pago no ano por alguém que receba mensalmente R$ 5.000,00 bruto corresponde a R$ 5.538,48.

E são esses R$ 5.538,48 que ele vai tentar restituir do IR.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------




Como salvar nosso dinheiro do IR? Vejamos algumas possibilidades.

Previdência Privada.

Uma das alternativas possíveis para diminuir o apetite do Leão está na contratação de um plano de previdência privada, que permite a dedução até o limite de 12% da renda bruta anual do contribuinte. Além da questão de se fazer uma poupança futura, é esse um dos principais atrativos dos planos disponíveis no mercado.
Essa regra vale para os produtos da modalidade PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre), nos quais se pode deduzir - com as contribuições realizadas - até 12% da renda bruta anual na hora do acerto com o Leão, para quem utiliza o modelo completo de declaração.
 
Isso significa dizer que o benefício fiscal pode aumentar a restituição, se for o caso, ou reduzir o valor a ser pago no acerto de contas. 

Uma pessoa que tenha um rendimento mensal de R$ 2 mil, por exemplo, deve investir até R$ 240,00  por mês em previdência, ou seja, 12% do total dos seus rendimentos. Se o investimento ficar acima desse valor, deixa de haver vantagem fiscal, inclusive com a possibilidade de imposto a pagar maior.

Veja comparativo entre declarações com e sem PGBL

Diferimento - Um ponto importante a ser ressaltado é que a regra fiscal trata do diferimento do Imposto de Renda, que nada mais é do que um adiamento no pagamento. Assim, você terá o benefício enquanto estiver investindo, pois lá na frente, quando você for sacar o montante final, o imposto será cobrado de acordo com a tabela vigente na época.

Hoje, há isenção para retiradas mensais até R$ 1.058, desde que o contribuinte não tenha outro rendimento, como trabalho remunerado ou aluguéis, por exemplo.

Assim, a vantagem resulta no investimento, já que o dinheiro que você estaria pagando agora, uma vez investido, estará sujeito a correção e juros, aumentando o bolo. Já se o imposto fosse pago "à vista", essa possibilidade deixaria de existir. Já o contribuinte que utiliza o formulário simplificado do Imposto de Renda, pelo qual há o desconto padrão de 20%, é mais interessante a contratação de um VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Isso porque nesse caso a regra aplicada é diferente. Esse tipo de produto não é dedutível do Imposto de Renda e o imposto só será pago em cima do ganho de capital acumulado no período, ou seja, os rendimentos durante a duração do plano.

O VGBL passa a ser uma opção interessante também para os isentos do pagamento de Imposto de Renda e até para aqueles que já têm um PGBL e aplicam nele o limite máximo de 12%, mas sentem a necessidade de novos investimentos.
Fonte: http://invertia.terra.com.br/previdencia/interna/0,,OI215309-EI1806,00.html


Observe que existe a possibilidade de se fazer um PGBL até 12% da Renda Bruta! O que é ótimo, porém antes de contratar um PGBL analise se os 12% de sua renda bruta são cobertos pelo IR devido. Caso contrário você terá guardado mais do que pode ser restituído.

No caso que citamos um trabalhador que tenha Renda Bruta mensal de R$ 5.000,00, se ele resolver guardar 12% de seu salário anual através de um PGBL ele irá poupar R$6600,00. Porém, se olharmos os cálculos feitos anteriormente, veremos que ele pagou de IR R$5.338,48. Ou seja, ele só terá benefício fiscal até o limite do imposto pago. Seria melhor para esse usuário calcular quanto ele deve pagar de PGBL por mês para que os dois condicionantes fossem atingidos no limite: 12% da renda bruta E Imposto de Renda que efetivamente poderá ser ressarcido.

 ------------------------------------------------------

 

O que pode ser deduzido no imposto de renda?

Valores referentes à época de publicação da matéria.

Previdência Privada e Fapi:

São dedutíveis os pagamentos feitos a entidades de previdência privada domiciliadas no Brasil (caso não seja domiciliada aqui, não há dedução), que podem ser somados aos pagamentos efetuados aos Fundos de Aposentadoria Programa Individual, os Fapi, (fundos em que é possível aplicar individualmente ou receber também contribuições do empregador em seu nome), desde que o ônus seja do próprio contribuinte, em seu nome e no de seus dependentes relacionados na declaração. Essa dedução está limitada a 12% do total dos rendimentos tributáveis.

Dependentes:

O contribuinte pode deduzir R$1.272,00 por dependente, mesmo que a relação de dependência não tenha ocorrido durante os doze meses do ano. Por exemplo, nos casos de nascimento, morte.

Gastos com educação:
Podem ser deduzidas despesas feitas pelo contribuinte com a própria educação, dos dependentes e de alimentandos - quem recebe pensão alimentícia em cumprimento de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente. Mas gastos com livros e transporte escolar, entre outros, não estão entre as deduções permitidas.
O limite anual individual da dedução é de R$ 1.998,00. Esse montante não pode ser compensado com outro dependente que tenha gasto valor inferior a R$ 1.998,00. O cônjuge que incluir o filho como dependente na declaração pode deduzir as despesas com instrução, mesmo que o recibo esteja em nome do outro cônjuge.

Despesas médicas:

Podem ser deduzidos, sem limite de valor, os gastos para tratamento próprio, de dependentes relacionados e dos alimentandos (quem recebe pensão alimentícia judicial) quantificados na declaração, quando realizados pelo alimentante em decorrência de decisão judicial ou acordo homologado judicialmente.

Pensão alimentícia judicial:

Os valores pagos em cumprimento de decisão judicial ou de acordo homologado judicialmente - inclusive alimentos provisionais.

Livro-caixa:

As despesas relacionadas, mensalmente, em livro-caixa, relativas à prestação de serviços sem vínculo empregatício, podem ser deduzidas.

(todos estes valores se referem ao ano de publicação da matéria, atualmente os valores são um pouco diferentes)

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quais as despesas com EDUCAÇÃO podem ser deduzidas? 

Valores referentes à época de publicação da matéria. Consulte novos valores vigentes.

-As despesas com educação (do contribuinte e de seus dependentes) que podem ser deduzidas do imposto de renda são os pagamentos às escolas.

 

.

-de educação infantil (creches e pré-escolas);
-ensino fundamental,
-ensino médio,
-educação superior (cursos de graduação e pós-graduação como mestrado, doutorado e especialização),
-e educação profissional (ensino técnico e tecnológico).
--------------------------------------------------------------------------------

HÁ LIMITE DE DEDUÇÃO PARA ESTAS DESPESAS?

 

Resposta: Sim. Estas despesas estão sujeitas ao limite anual individual de R$ 2.198,00. O valor dos gastos que ultrapassar esse limite não pode ser aproveitado nem mesmo para compensar gastos de valor inferior a R$ 2.198,00 efetuados com o próprio contribuinte ou com outro dependente ou alimentando.
----------------------------------------------------------------------------------------------


POSSO DEDUZIR DESPESAS COM UNIFORME, TRANSPORTE OU MATERIAL ESCOLAR OU SÓ SÃO DEDUTÍVEIS AS MENSALIDADES OU ANUIDADES ESCOLARES?

 

Resposta: Só são dedutíveis a mensalidade/anuidade escolar. As despesas com uniforme, transporte, material escolar e didático, com a aquisição de máquina de calcular e microcomputador não são dedutíveis.
----------------------------------------------------------------------------------------------------


O QUE SE CONSIDERA EDUCAÇÃO INFANTIL?

Resposta: A educação infantil é aquela que precede o ensino fundamental obrigatório, oferecida em creches ou entidades equivalentes e pré-escolas, compreendendo as despesas efetuadas com a educação de menores na faixa etária de zero a seis anos de idade.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------


O QUE SE CONSIDERA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO?

Resposta: Considera-se curso de especialização aquele que se realiza após a graduação em curso superior e atende às exigências de instituições de ensino. Nesse conceito enquadram-se, por exemplo, os cursos de pós-graduação lato sensu.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------


O QUE É CURSO PROFISSIONALIZANTE?

 

A educação profissional compreende os seguintes níveis: I - técnico, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos de ensino médio,
e cuja titulação pressupõe a conclusão da educação básica de 11 anos; II - tecnológico, corresponde a cursos de nível superior na área tecnológica, destinados a egressos do ensino médio e técnico.
------------------------------------------------------------------------------------------


DESPESAS COM CRECHE PODEM SER DEDUZIDAS COMO INSTRUÇÃO?

 

Resposta: Sim. Esses gastos são considerados despesas com instrução, obedecidos os limites e condições legais.
---------------------------------------------------------------------------------------


O CONTRIBUINTE PODE DEDUZIR DESPESAS DE INSTRUÇÃO COM FILHO OU ENTEADO DEPENDENTE?

 

Resposta: Sim, até 21 anos ou 24 anos (se estiver cursando estabelecimento de nível superior ou escola técnica de segundo grau).
-------------------------------------------------------------------------------------------


SE OCORRER UM DIVÓRCIO OU SEPARAÇÃO JUDICIAL DURANTE O ANO-CALENDÁRIO, O CONTRIBUINTE QUE NÃO DETÉM A GUARDA DOS FILHOS PODE DEDUZIR AS DESPESAS COM INSTRUÇÃO COM ELES EFETUADAS ANTES DO DIVÓRCIO?

 

Resposta: Sim. As despesas com instrução efetuadas antes do divórcio podem ser deduzidas desde que os filhos figurem como dependentes na declaração do ano-calendário relativo ao divórcio. Admite-se a dedução até o limite anual individual de R$ 2.198,00 para o ano-calendário de 2005.
-------------------------------------------------------------------------------------------


CONTRIBUINTE QUE PAGA INSTRUÇÃO DE NETO, BISNETO, IRMÃO, PRIMO OU SOBRINHO PODE DEDUZIR ESTAS DESPESAS?

 

Resposta: O laço de parentesco, bem como o efetivo pagamento das despesas com a instrução dessas pessoas, não são condições suficientes para permitir sua dedução pelo parente que suporta o encargo. Esta só é permitida quando o beneficiado possa ser enquadrado na condição de dependente do contribuinte. Podem ser dedutíveis as despesas com instrução de irmão, neto ou bisneto, sem arrimo dos pais, até 21 anos, desde que o contribuinte detenha a guarda judicial, ou de qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho.
No caso de irmão, neto ou bisneto sem arrimo dos pais, com idade de 21 a 24 anos, a dedução é possível se o dependente ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de 2º grau, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial até os 21 anos.
No caso de primo ou sobrinho, pode ser feita a dedução somente quando esse se enquadrar como menor pobre e desde que o contribuinte o crie e eduque, até que complete 21 anos e detenha sua guarda judicial.

================================================================


PODEM SER DEDUZIDAS AS DESPESAS COM INSTRUÇÃO DE MENOR POBRE?

 

Resposta: Essas despesas podem ser deduzidas desde que o contribuinte crie e eduque o menor pobre, até que este complete 21 anos, e detenha a guarda judicial nos termos da Lei nº 8.069, de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente).

==========================================================================

AS DESPESAS COM INSTRUÇÃO PAGAS EM FACE DAS NORMAS DO DIREITO DE FAMÍLIA, EM VIRTUDE DE SENTENÇA JUDICIAL, ESTÃO SUJEITAS AO LIMITE ANUAL DAS DESPESAS COM INSTRUÇÃO PAGAS EM FACE DAS NORMAS DO DIREITO DE FAMÍLIA, EM VIRTUDE DE SENTENÇA JUDICIAL, ESTÃO SUJEITAS AO LIMITE ANUAL?

Sim. Estas despesas estão sujeitas ao limite individual anual de R$ 2.198,00.

================================================================

As despesas relativas à elaboração de dissertação de mestrado ou tese de doutorado podem ser deduzidas como gastos com instrução?

 

Resposta: Não. As despesas relativas à elaboração de dissertação de mestrado ou tese de doutorado, tais como: contratação de estagiários, computação eletrônica de dados, papel, fotocópia, datilografia, tradução de textos, impressão de questionários e de tese elaborada, gastos postais, não são consideradas despesas de instrução.


=========================================================================

Os pagamentos de aulas de idioma estrangeiro, música, dança, natação, ginástica, dicção, corte e costura, aulas de trânsito, tênis ou pilotagem podem ser deduzidos como despesas com instrução?

 

Resposta: Não.

==========================================================================

As despesas efetuadas com instrução de menor internado em instituição que crie e eduque desvalidos e abandonados podem ser deduzidas?

 

Resposta: Não são dedutíveis como despesas com instrução os pagamentos feitos a instituição que crie e eduque desvalidos e abandonados, ainda que sejam destinados ao custeio de sua educação.

======================================================================

As contribuições pagas às Associações de Pais e Mestres são consideradas despesas com instrução?

 

Resposta: Não.

========================================================================

O valor dos recursos remetidos para dependente que estude no exterior pode ser deduzido como despesas de instrução na declaração do contribuinte?

 

Resposta: Podem ser deduzidos apenas os valores relativos a despesas de instrução, em estabelecimentos de ensino regular, comprovadas por meio de documentação hábil, realizadas no exterior com dependentes, observados os requisitos e o limite previstos na legislação. Os pagamentos efetuados em moeda estrangeira devem ser convertidos em dólares dos Estados Unidos da América, pelo seu valor fixado pela autoridade monetária do país no qual as despesas foram realizadas, na data do pagamento e, em seguida, em reais mediante utilização do valor do dólar dos Estados Unidos da América, fixado para venda pelo Banco Central do Brasil para o último dia útil da primeira quinzena do mês anterior ao do pagamento.

========================================================================

ATENÇÃO:

O valor do imposto de renda retido sobre a remessa não pode ser computado como despesa com instrução nem pode ser considerado para fins de compensação na declaração de rendimentos da pessoa que suporta o encargo.
=======================================================================

São dedutíveis como instrução os gastos com viagens e estadas feitos pelo contribuinte, com ele próprio ou com seus dependentes, a fim de estudar ou estagiar no Brasil ou no exterior?

 

Resposta: Não.

=========================================================================

Filho maior de 21 e até 24 anos que trancou matrícula na faculdade pode ser considerado dependente na Declaração de Ajuste Anual do exercício de 2006?

 

Resposta: O art. 35 da Lei nº 9.250, de 1995, dispõe que o filho pode ser considerado dependente até 24 anos de idade, quando estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de 2º grau. Assim, o filho que manteve a matrícula trancada durante todo o ano de 2005 não pode ser considerado dependente na declaração.

===================================================================

Contribuinte assalariado que recebe do empregador ou de entidade a que esteja filiado, auxílio para pagar despesas com instrução própria e de seus dependentes, pode deduzir o total das despesas efetivamente realizadas?

 

Resposta: Sim, mas as importâncias recebidas para esse fim se constituem em rendimento tributável, qualquer que tenha sido a designação adotada pelo empregador para intitular essas vantagens, inclusive na hipótese de a empresa optar pelo reembolso diretamente aos empregados e filhos destes dos seus gastos com educação.


==================================================================

São dedutíveis os valores ressarcidos pelo empregado, por motivo de rescisão contratual, ao empregador que patrocinava suas despesas com instrução?

 

Resposta: Não se consideram despesas com instrução as importâncias pagas a título de indenização por perdas e danos, por não cumprimento de cláusula contratual, não sendo, portanto, dedutíveis na declaração da pessoa física que efetua o ressarcimento.

========================================================================

O pagamento do valor do crédito educativo pode ser deduzido como despesa com instrução?

 

Resposta: Não, por falta de previsão legal. O crédito educativo caracteriza-se como empréstimo oneroso, com ônus e encargos próprios desses contratos. Observe-se que o valor pago à instituição de ensino, ainda que com recursos do crédito educativo, pode ser deduzido como despesa com instrução, no ano do efetivo pagamento dessa despesa.

====================================================================

Os gastos com construção de escola em imóvel do contribuinte, onde este exerce atividade rural, assim como os dispêndios com pagamento de professor, para atender ao funcionamento dessa escola, podem ser deduzidos como despesas de instrução de menores pobres?

 

Resposta: Não. Essas despesas integram os gastos ligados à percepção dos rendimentos da atividade rural e são consideradas despesas para efeito de apuração do resultado dessa atividade.

Fonte: http://guia.mercadolivre.com.br/imposto-renda-pode-ser-deduzido-educacao-saude-17890-VGP


=====================================================================


18 perguntas sobre dependentes do IR 2011 

Fonte: http://noticias.r7.com/blogs/sophia-camargo/2011/04/20/18-perguntas-sobre-dependentes-do-ir-2011/

Quem pode ser dependente no Imposto de Renda? Vale a pena incluir os dependentes para deduzir suas despesas? Aqui estão 18 dúvidas selecionadas para você não se perder na hora de declarar o IR.
Para responder estas dúvidas conversei com o contabilista Sebastião Luiz Gonçalves dos Santos, membro do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo e com o auditor da Receita Federal Luiz Monteiro.
1)      Quem pode ser dependente para fins de Imposto de Renda?

Resposta: Podem ser dependentes:
1 - companheiro(a) com quem o contribuinte tenha filho ou viva há mais de 5 anos, ou cônjuge;
2 - filho(a) ou enteado(a), até 21 anos de idade, ou, em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
3 - filho(a) ou enteado(a), se ainda estiverem cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, até 24 anos de idade;
4 - irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, de quem o contribuinte detenha a guarda judicial, até 21 anos, ou em qualquer idade, quando incapacitado física ou mentalmente para o trabalho;
5 - irmão(ã), neto(a) ou bisneto(a), sem arrimo dos pais, com idade de 21 anos até 24 anos, se ainda estiver cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau, desde que o contribuinte tenha detido sua guarda judicial até os 21 anos;
6 - pais, avós e bisavós que, em 2010, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até o limite de isenção da Receita;
7 - menor pobre até 21 anos que o contribuinte crie e eduque e de quem detenha a guarda judicial;
8 - pessoa absolutamente incapaz, da qual o contribuinte seja tutor ou curador.
2) De quanto é a dedução máxima permitida por dependente?

Resposta: A dedução anual por dependente é de R$ 1.808,28
3) No caso de filhos de pais separados, quem pode considerar o filho como seu dependente?

Resposta: O contribuinte pode considerar como dependentes os filhos que ficarem sob sua guarda, de acordo com decisão ou acordo judicial. Neste caso, deve declarar como os rendimentos recebidos a título de pensão alimentícia pelos filhos.
4) Filho universitário que completou 25 anos durante o ano de 2010 pode ser considerado dependente?
Resposta: Sim.
5) Pago a escola do meu sobrinho, que mora com seus pais. Posso deduzir este gasto?
Resposta: Não. Só podem ser deduzidos gastos com dependentes, e seu sobrinho não é seu dependente, a menos que você tenha a guarda legal dele.
6) Odontino
Prezada Sophia, primeiramente, parabéns pelo excelente trabalho que realiza. Meu pai tem 61 anos e é aposentado, recebeu do INSS menos que R$ 17.989,80 de rendimentos e R$ 1.500,00 de 13° salário. Posso declará-lo como meu dependente? Se puder, em que campo declaro os rendimentos recebidos por ele?
Resposta: Obrigada pelo carinho, Odontino. Em relação à sua pergunta, seu pai se enquadra na exigência da Receita Federal para dependentes: (podem ser incluídos como dependentes os pais, avós e bisavós que, em 2010, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 17.989,80). No entanto, como ele possui rendimentos tributáveis (não são isentos pois ele ainda não tem 65 anos), verifique se vale a pena incluir seu pai na sua declaração. Faça as duas simulações.
7) Vanderlei
Estou montando a declaração de IR de 2011 e coloquei pela 1ª vez minha mãe como minha dependente, já que meu pai é isento de IR. A dúvida é: minha mãe paga plano de saúde em conjunto com minha irmã e o valor não está dividido quanto é a parte de uma e quanto é a de outra. Posso lançar o valor total da fatura na declaração ou não? Minha irmã é isenta e não está na declaração.
Resposta: Segundo o contabilista Sebastião Luiz Gonçalves dos Santos, do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo, não pode. Tem que ser o valor real da sua mãe.
8 José Francisco
Sophia, por gentileza, tenho filha maior de idade portadora de deficiência, porém, apesar de ela ser minha dependente para fins de declaração , ela trabalha numa empresa, portanto tem renda própria. Como declará-la em minha declaração?
Resposta: Se ela se enquadrar como sua dependente e você quiser incluí-la, terá de incluir também seus rendimentos. Verifique se vale a pena. Na maioria das vezes, não vale.
9) Nilson
Declaro minha esposa como minha dependente no IR, porém a mesma não desenvolve nenhuma atividade remunerada. Posso deixar os respectivos campos de declaração da renda de dependente em branco, ou é necessário fazer alguma observação?
Resposta: Deixe em branco.
10) Odair José
Pago INSS para minha esposa. Posso declarar no Imposto de Renda. Se sim, onde declaro?
Resposta: Se ela teve rendimentos tributáveis, você poderá deduzir o pagamento da previdência oficial dela no campo Rendimentos Recebidos de Pessoa Física/Exterior pelos dependentes.
11) Aurea
Meu filho tem 22 anos, mora comigo, não está trabalhando e depende de mim financeiramente. Em 2010 tive gastos com dois cursos técnicos para ele. Posso declarar ele como meu dependente e declarar os gastos que tive com os cursos?
Resposta: Pela idade, ele poderia ser seu dependente desde que esteja cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau. Cursos de inglês ou computação, por exemplo, não são considerados como válidos para inclusão de dependentes pela Receita Federal.
12) Vanderlei
Pago um plano de saúde para minha mãe. Neste caso, posso declarar a minha mãe como minha dependente?
Resposta: Poderá apenas se sua mãe puder ser considerada sua dependente. A Receita Federal permite a inclusão como dependente de pais, avós e bisavós que, em 2010, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 17.989,80.
13) Danilo
O que caracteriza um dependente de imposto de renda? Pergunto isso porque minha esposa trabalha, tem seu salário mas é isenta da declaração. Fico na dúvida se posso colocá-la como minha dependente de IR na declaração.
Resposta: Os cônjuges podem declarar em conjunto ou separado, mas os rendimentos tributáveis precisam ser somados se decidirem declarar em conjunto. Na maioria das vezes não vale a pena incluir o cônjuge como dependente e somar a renda. Faça as duas simulações e veja qual é mais vantajosa para o casal.
14) Ivanilto
Gostaria de saber se posso colocar o meu sogro e a minha sogra como meu dependente do IR, visto que meu sogro é aposentado e seu salário é de apenas R$ 990,00 por mês. Eles não moram comigo, mas sempre lhes ajudo. Um abraço, desde já agradeço.
Resposta:  Sim, mas apenas se sua mulher estiver declarando em conjunto. (Orientação da Receita Federal: de acordo com a Lei nº 9.250, de 26 de dezembro de 1995, art. 35, os pais podem ser considerados dependentes na declaração dos filhos, desde que não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção anual (R$ 17.989,80).
O sogro ou a sogra não podem ser dependentes, salvo se seu filho ou filha estiver declarando em conjunto com o genro ou a nora, e desde que o sogro ou a sogra não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção anual (R$ 17.989,80), nem estejam declarando em separado.)
15) Fernanda
Sou casada, mas sempre fiz minha declaração separada do meu marido. Nesse ano atualizei meu CPF para o nome de casada, tenho que informar os dados de meu marido? Ele faz a declaração dele separada, pois tem uma empresa.
Resposta: Independentemente dos bens de cada um, os cônjuges sempre podem declarar em conjunto ou separado; é uma escolha do casal. Ninguém está obrigado a declarar em conjunto nem separado. Verifiquem o que é mais vantajoso para vocês.
16) Solange
Oi, Sophia. Minha filha tem 21 anos, meus pais pagam a faculdade dela, moramos com eles, pois sou separada, e eles nos sustentam, eles podem declarar ela no imposto de renda?
Resposta: Infelizmente não, pois os avós só podem declarar como dependentes netos dos quais tenham a guarda legal.
17) Carolina
Meu marido abriu um empresa em 2010. Já fez a declaração anual de pessoa jurídica. Queria saber se posso colocá-lo como meu dependente no IR? E como proceder?
Resposta: Os cônjuges podem declarar em conjunto ou separado, mas os rendimentos tributáveis precisam ser somados se decidirem declarar em conjunto. Na maioria das vezes não vale a pena incluir o cônjuge como dependente e somar a renda. Faça as duas simulações e veja qual é mais vantajosa para o casal.
18) Rogério
Ajudo a pagar um plano de saúde para a minha sogra, dividindo assim por 3 pessoas. Posso deduzi-lo em meu Imposto de Renda?
Resposta: Só é possível deduzir despesas com dependentes. É possível sua sogra ser considerada sua dependente, mas devem ser observados os seguintes critérios: Orientação da Receita Federal: O sogro ou a sogra não podem ser dependentes, salvo se seu filho ou filha estiver declarando em conjunto com o genro ou a nora, e desde que o sogro ou a sogra não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção anual (R$ 17.989,80), nem estejam declarando em separado.) Atenção: se sua sogra puder ser dependente, apenas uma pessoa poderá inclui-la como tal.



Existem diversas variantes a ser declaradas e as quais eu não conheço com profundidade, mas no que se refere ao Imposto de Renda em si é basicamente o que pretendo descrever agora.



DeclareCerto respondendo a perguntas variadas, muito esclarecedor:

http://www.declarecerto.com.br/imposto-de-renda/dicas-e-duvidas/

Contato para sugestões de melhorias: zaluzejo@hotmail.com ou http://www.facebook.com/profile.php?id=100002765510990

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Recent Posts

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

Marcadores

Postagens mais visitadas

+ procurados

Apple anunciou nesta terça-feira que mais de 3 bilhões de downloads Buscas pelo Air France 447 assumem nova estratégia Entidades se unem em Ubatuba para comemorar o Dia do Meio Ambiente Bloqueio de números de telefone Carros do Google Street View chegam a SP e RJ Esqueleto-robô dá força sobre-humana a soldados Bitucas de Cigarro viram Adubo Como fazer um gerador de energia solar Aplicativo de iPhone funciona como antiacne celular descartavel carros híbridos mais eficientes blackberry Melhores aplicativos empresas mais lembradas pelas pessoas Impressora que não precisa de tinta ou papel fixo para fixo gratis 5 minutos e o fim dos shoppings center Lentes de contato de células-tronco curam cegueira com menos de 2 horas no hospital Coisas que você não sabia do seu corpo Como é feito o plástico estes alimentos podem prolongar sua vida MP3 Player Philips Activia mantém ritmo de corrida 1 bilhão de aplicações Hacker ensina a desbloquear o PS3 Windows e processador Atom fazem robô andar iPad de 16 GB custará US$ 499 Lenovo anuncia smartbook com Snapdragon Fumaça Colorida Google lança celular Nexus One Rival Palm do iPhone recebe avaliações positivas Superbot: O Transformer da vida real mande um torpedo gratis Samsung também aposta no Atom N450 melhores celulares do mundo Invenções malucas TeleJogo - O primeiro vide-game Brasileiro MP3 players dirigir com a sua língua: Mimi Switch animais utilizados na guerra Óculos para esqui vêm com câmera de 5 MP embutida Apple anunciou nesta terça-feira que animal deaths FEBRE AMARELA Lista dos Famosos Inventores fatos cientificos Quem inventou o papel grindhouse gueera 1º Video Game do Mundo Charadas Matemáticas O lançador de granadas XM-25 vida sintética até o final de 2010 jãpão já está à venda seu pé é o melhor tenis o smartphone do Google peliculas de guerra exploração Bots SAUDE dicas orange a laranja irritante perguntas mais difíceis de responder Envie torpedos de graça Guia de Herpetofauna Medidas para controlar o mau hálito Nexus One laguerra piramide alimentar (food pyramid) um chupão pode te paralisar Primeiro homem curado da AIDS Sandália de papelão marte água LICENÇA DE PESCA Motorola Xoom Novo Signo Descobertogueera motorola atrix super-8 um chupão po Evite ser traido programas do governo rec6 tatuagens 3D tratamento calvice carteira de motorista gratis tutorial