Pesquisa personalizada

Pesquisar este blog

Mostrando postagens com marcador Google lança celular Nexus One. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Google lança celular Nexus One. Mostrar todas as postagens

26 de jan de 2012

óxido nitroso Poluentes Inorgânicos

Poluentes Inorgânicos do ar

Incluem-se nesta classe poluentes de vários tipos, como gases e particulados. Muitas substâncias sólidas e líquidas podem vir a ser particulados contaminantes do ar. Os óxidos de carbono, enxofre e nitrogênio também são considerados poluentes inorgânicos quando presente em grandes quantidades.
Muitos dos gases poluentes do ar aparecem na atmosfera através de atividades humanas, os mais comuns são CO, SO2, NO e NO2, na ordem de 100 milhões de toneladas por ano, sendo que a quantidade emitida destes gases ainda é pequeno em relação à quantidade de CO2 presente no ar.
Outros gases poluentes são amônia (NH3), óxido nitroso (N2O), ácido sulfídrico (H2S), cloro (Cl2), ácido clorídrico (HCl) e ácido fluorídrico (HF) também emitidos por atividades humanas (Manahan, 2001).

Partículas na atmosfera

O tamanho dessas partículas é de aproximadamente 0,5 milímetro (como pequenos grãos de areia ou orvalho) e são originadas de uma grande variedade de materiais e objetos discretos que podem ser sólidos ou gotículas de líquidos.
Aerossóis atmosféricos são partículas sólidas ou líquidas com diâmetro menor que 100mm. Partículas poluentes entre 0,001 e 10mm estão comumente suspensas no ar próximas a fontes de poluição, como a atmosfera urbana, plantas industriais, rodovias e fábricas em funcionamento (Manahan, 2001).
Exemplos de partículas sólidas menores são: as fuligens (carbono preto), iodeto de prata, núcleos de combustão e núcleos de sal formados através da perda de vapor d'água proveniente do mar.
Partículas maiores incluem pó de cimento, poeira e carvão pulverizado. Matéria particulada líquida inclui pingos de chuva, névoa e gotas de ácido sulfúrico. Algumas partículas são de origem biológica, como vírus, bactérias, esporos bacterianos, esporos de fungos e pólen. Os particulados podem ser orgânicos ou inorgânicos; ambos os tipos são contaminantes atmosféricos muito importantes.

Monóxido de Carbono

O CO é um gás incolor, inodoro e tóxico. É um dos principais poluentes da atmosfera, sua concentração total é de aproximadamente 0,1ppm. O monóxido de carbono é um dos gases emitidos pelos escapamentos dos automóveis (combustão incompleta de materiais que contêm carbono (1), como os combustíveis fósseis), mas muito desse gás está presente como intermediário da reação de oxidação do metano pelo radical hidroxila (2) (Manahan, 2001; Lee, 2000).

O monóxido de carbono é um gás inerte, não constituindo grande ameaça à vegetação ou aos materiais expostos à atmosfera. No entanto, se aspirado em determinadas quantidades pode causar a morte.
No sangue ele possui um efeito muito perigoso quando forma um complexo estável com a hemoglobina: se aproximadamente 2% dela estiver ligada ao CO, a atividade normal da pessoa fica debilitada. Se esse percentual estiver entre 10 e 20% pode causar a morte do indivíduo. O complexo formado impede o transporte de oxigênio pelo corpo, levando, inicialmente, à inconsciência e depois à morte.

Considerando que a combustão interna de máquinas é a fonte primária de emissões do monóxido carbono, medidas controladas estiveram concentradas em automóveis. Os automóveis mais modernos utilizam catalisadores (metais nobres) que auxiliam na oxidação do CO em CO2, diminuido assim a emissão de monóxido de carbono na atmosfera (Manahan, 2001; http://www.sicap.com.br/portugues/catalisador/saude.htm). O tempo de residência do CO na atmosfera é pequeno, sua destruição ocorre na reação com o radical hidroxila, transformando-o em gás carbônico:

Gás Carbônico (CO2)

O CO2 é, dos óxidos, o mais abundante, ele é um constituinte natural e é necessário ao crescimento das plantas. A quantidade de dióxido de carbono na atmosfera é de aproximadamente 365 ppm em volume, mas essa quantidade está aumentando cerca de 1 ppm por ano.
A fotossíntese efetuada pelas plantas remove cerca de 360 bilhões de toneladas de CO2 da atmosfera, a mesma quantidade deve ser devolvida à atmosfera pela respiração de plantas e animais ou pela putrefação de restos de animais ou plantas (Lee, 2000).
A queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás natural), e de florestas liberam para a atmosfera cerca de 25 bilhões de toneladas de CO2 por ano. A decomposição térmica de calcário na fabricação de cal libera aproximadamente 100 milhões de toneladas de CO2 (Lee, 2000).

O aumento da quantidade de CO2 juntamente com outros gases causa o aquecimento geral da atmosfera, o chamado "efeito estufa".

Dióxido de enxofre (SO2)

O SO2, muito comum na baixa atmosfera, também é um importante poluente, podendo ser de origem natural ou artificial. O SO2 natural é proveniente de erupções vulcânicas e da decomposição de animais e vegetais, no solo, nos pântanos e nos oceanos. O artificial resulta da queima de combustíveis fósseis, como o petróleo e seus derivados, como por exemplo, a gasolina (Manahan, 2001; Atlas do Meio Ambiente do Brasil, 1996).
A hulha (FeS2) contém de 1 a 3% de enxofre (S), sua queima produz também o dióxido de enxofre pela reação abaixo. Os óleos pesados da destilação de petróleo contêm de 1 a 2% de S. No Brasil esse teor chega a 5%. Um teor de 0,1 a 0,2 ppm já causa danos às pessoas com doenças respiratórias, 0,3 ppm de SO2 causa sérios danos aos vegetais.

Muitos fatores como temperatura, umidade, intensidade da luz, transporte atmosférico e característica de materiais particulados na superfície podem influenciar as reações do dióxido de enxofre na atmosfera. Assim como outros gases poluentes, o SO2 sofre reações químicas formando partículas. Boa parte do dióxido de enxofre na atmosfera é oxidada a ácido sulfúrico e sulfatos, particularmente sulfato de amônio e sulfato de hidrogênioamônio.
O principal efeito sobre a saúde é no aparelho respiratório: o SO2 causa irritação e aumenta a resistência do canal respiratório, principalmente em pessoas asmáticas e com deficiência respiratória, além de secreções da mucosa nasal.
O SO2 quando é convertido em ácido sulfúrico provoca a chuva ácida que pode destruir as plantas. Os danos causados são pequenas manchas sobre as folha, exatamente onde tocam as gotículas (Manahan, 2001).

Uma maneira de reduzir a presença desse gás na atmosfera é a remoção do enxofre do carvão e do óleo antes da combustão através da injeção de calcário (CaCO3), pulverizado nas fornalhas. A decomposição do calcário produz cal (CaO) e CO2, o CaO reage com o SO2 formando sulfito de cálcio:

As partículas sólidas de CaSO3 e boa parte de SO2 são removidos do gás de combustão por uma suspensão aquosa de cal, mas a remoção ineficiente e a grande quantidade de combustível a ser tratada torna o processo um pouco dispendioso, não sendo muito utilizado.

Óxidos de Nitrogênio

Os óxidos de nitrogênio mais encontrados na atmosfera são o óxido nitroso (N2O), óxido nítrico (NO) e dióxido de nitrogênio (NO2).
O óxido nitroso é gerado microbiologicamente e é relativamente inerte na baixa atmosfera e não influencia muito nas reações químicas. Seu nível diminui com a altitude na estratosfera causado por reações fotoquímicas.

Alguns reagem com oxigênio atômico:

Essas reações são importantes em termos da diminuição da camada de ozônio, como citado anteriormente (Manahan, 1997).
Cerca de 60% das emissões de óxido nitroso (N2O) provém de fontes naturais; ele é encontrado em grande abundância nos oceanos e o restante em emanações de solos, principalmente os tropicais. A concentração deste gás era constante no período pré-industrial dos países desenvolvidos, seu nível era de cerca de 275ppb, e atualmente, com uma taxa anual de 0,25% alcançou 312 ppb. O N2O é um sub-produto em ambientes terrestres e aquáticos de processos de desnitrificação e nitrificação.
O monóxido de nitrogênio (NO) e o dióxido de nitrogênio (NO2) são poluentes provenientes do escape de veículos motorizados, aviões, centrais termoelétricas, fábricas de fertilizantes, de explosivos ou de ácido nítrico, incineradores e queimadas.
O ar utilizado na combustão dentro dos motores dos automóveis possui, logicamente, oxigênio e também nitrogênio. Com o aumento da temperatura a valores suficientemente altos, ocorre a reação entre estes gases produzindo, principalmente, óxido nítrico (NO).

Este gás é oxidado formando dióxido de nitrogênio (NO2):

O NO2 reage com água formando ácido nítrico (causador da chuva ácida) e óxido nítrico:

Os gases expelidos pelos veículos automóveis podem conter até 1.000 ppm de óxidos de nitrogênio, mas com o uso de catalisadores, o NO presente nos combustíveis é transformado em N2, um gás pouco reativo e um importante componente da atmosfera.
O fumo de cigarros também contém óxidos de nitrogênio em concentrações de até 300 ppm. Os gases de escape e fumo de cigarros são produzidos em recintos fechados, dificultando a diluição destes gases, principalmente por estarem em concentrações muito elevadas. Pequenas quantidades de óxidos de nitrogênio formam-se durante as tempestades e na solda elétrica.
Os óxidos de nitrogênio sofrem, no meio ambiente, transformações fotoquímicas que levam à formação de ozônio (O3), o chamado smog fotoquímico(http://www.geocities.com/RainForest/Canopy/9399/Ambiente_Global/air/gases.html).
O NO é um gás praticamente inofensivo e puro, não representa graves perigos à saúde. O NO2 é um gás de cor castanho-avermelhado, de odor característico tóxico e muito irritante. Uma pessoa que aspire este gás sente imediatamente ardência nos olhos, no nariz e nas mucosas em geral (http://www.cdcc.sc.usp.br/quimica/ciencia/chuva.html; http://www.zemoleza.com.br/trabalho.asp?cod=596; http://www.zemoleza.com.br/trabalho.asp).

óxido nitroso


Por muito tempo, o óxido nitroso foi conhecido como gás hilariante ou gás do riso, pela capacidade que possui de provocar contrações musculares involuntárias na face das pessoas, dando a impressão de que ela está rindo.

O óxido nitroso se apresenta na forma de um gás incolor,

nitro para carro:

saiba mais...

composto portanto de duas partes de nitrogênio e uma de oxigênio, cuja fórmula química é N2O e sua fórmula estrutural é N--N--O. É sempre usado na forma gasosa e normalmente manuseado na forma líquida em cilindros de alta pressão ou tanques criogênicos, porém vaporiza facilmente a baixas pressões.

Quando liberado na atmosfera como resíduo das atividades industriais é considerado um gás poluente, formando uma camada de cor castanho-avermelhada na direção da linha do horizonte. Esse composto atua como um gás de efeito estufa provocando o surgimento de ilhas de calor nas grandes cidades.

Sendo um agente inalatório, o Óxido Nitroso tem sua maior aplicação na área médica. Administrado juntamente com o Oxigênio, possui efeito analgésico e sedativo. Em anestesia geral, a adição de Óxido Nitroso ao Oxigênio permite uma redução da quantidade do agente anestésico mais caro, obtendo-se o mesmo efeito. Para fins industriais é utilizado principalmente na fabricação de chantilly.

A maior parte do ar que respiramos é constituída por moléculas de nitrogênio, muito estáveis. Decompô-las e usá-las como moléculas vivas requer muita energia – e nossos pulmões não conseguem fazer isso. Por isso é comum que animais e plantas morram de fome ou fiquem raquíticos por falta de nitrogênio – um daqueles casos de “morrer de sede à beira da água”. Só algumas poucas bactérias do solo especializadas são capazes de retirar o nitrogênio do ar. Todas as plantas retiram seu nitrogênio dessas espécies de bactérias simbióticas; todos os animais, inclusive o homem, retiram seu nitrogênio das plantas. Outras espécies de bactérias – as da deterioração – eventualmente devolvem o nitrogênio ao ar.

É raro haver vínculos assim tão limitados e específicos entre as esferas da Terra.

No caso do nitrogênio é um elemento que enche a atmosfera e toda a biosfera precisa desesperadamente dele – e, mesmo assim, praticamente a única ligação entre as duas esferas é uma bactéria microscópica.

O oxido nitroso vem se acumulando na atmosfera. A concentração desse gás já chegou a 300 partes por milhão e aumenta à razão de 2% por década. Este índice pode parecer pequeno, mas na verdade revela uma grande perturbação global, que existe e cresce pelo menos desde o inicio dos anos 60. São mais de 5 milhões de toneladas de oxido nitroso por ano, cerca de 25% do que a biosfera produz naturalmente.






30 de nov de 2011

Conspiração do Chocolate.

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:

Conspiração do Chocolate.

Atenção chocólatras: aquecimento global pode fazer o doce acabarEstudo alerta sobre efeitos negativos da elevação das temperaturas nas principais regiões produtoras de cacau, como Gana e Costa do Marfim.São Paulo – Imagine ser privado da possibilidade de comer um chocolate no meio da tarde, quando bate aquele marasmo pós-almoço, ou ter que desembolsar um dinheiro alto para comprar uma barrinha do doce? O cenário, de causar arrepio em qualquer chocólatra confesso, pode se concretizar em um futuro não tão distante.
http://exame.abril.com.br/economia/meio-ambiente-e-energia/noticias/atencao-chocolatras-aquecimento-global-pode-fazer-o-doce-acabar

22 de nov de 2011

experimentos militares

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:

  experimentos militares

10. VISÃO NOTURNA
A marinha estadunidense queria aperfeiçoar seus soldados e “instalar” neles uma visão noturna, que os ajudaria a enxergar raios infravermelhos durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, os nossos olhos não são capazes de captar esses sinais, pois não são tão sensíveis. Os cientistas da época sabiam que vitamina A melhorava a recepção de imagem nos olhos e então procuraram desenvolver uma vitamina alternativa para que seus soldados tivessem visão noturna. Alimentaram os voluntários com suplementos à base de fígado de peixe – depois de vários meses, a visão dessas pessoas começou a se modificar e alguns realmente conseguiram captar sinais infravermelos. Mas logo em seguida, outros cietistas desenvolveram os óculos de visão noturna e, mesmo tendo algum sucesso, a forma mais drástica de “ver melhor” foi pelo ralo.
9. VACINA DE PLUTÔNIO
Na mesma época do desenvolvimento da bomba atômica, o plutônio virou febre entre os cientistas. Eles queriam saber quais seriam os possíveis males causados pela substância. Os testes começaram dia 10 de abril de 1945, quando pesquisadores injetaram plutônio em uma vítima de acidente para ver quanto tempo demorava até que seu corpo se livrasse da substância radioativa. Esse foi apenas o primeiro de 400 experimentos com radiação. Estudos mais comuns incluiam análises da radiação no organismo, em diferentes doses, e possíveis tratamentos para o câncer.
8. DIRIGIR UM FOGUETE
Antes do homem ir para o espaço, ele dirigiu foguetes no chão. Cientistas da Nasa criaram projéteis que alcançavam a velocidade de 640 km/h – e, sim, não foram só os chimpanzés que os testaram (aliás, os macacos saíam dos testes, se não mortos, com sérios danos cerebrais). Foi em 1954 que o Coronel John Stapp, da Força Aérea, se submeteu ao teste. Ele alcançou a velocidade incrível de 1017 km/h, mas teve concussões, costelas quebradas, pulsos fraturados, perdeu alguns dentes e veias e seus dois olhos estouraram.
7. PORQUINHOS-DA-ÍNDIA PACIFISTAS
A maioria dos soldados não se apresentou para lutar contra vírus e bactérias mortais, mas 2300 adventistas do sétimo dia o fizeram. Em uma interpretação literal da Bíblia (“Tu não matarás”), os religiosos se candidataram para servir de cobaias, no lugar de porquinhos da índia, no desenvolvimento de vacinas contra armas biológicas. Ninguém morreu na chamada “operação casaco branco”, mas os adventistas passaram por desconforto, febres, calafrios e dores.

6. CAIR NA VELOCIDADE DO SOM
A Força Aérea queria descobrir como os pilotos poderiam sobreviver, caindo de grandes altitudes – como se estivessem saltando de um avião. A missão foi concedida ao Capitão Joseph Kittinger, que saltou várias vezes, cada vez quebrando recordes. A terceira vez que quebrou seu próprio recorde, ele saltou de 32 quilômetros de altura. A velocidade da queda foi tanta que ele quase quebrou a barreira do som: 988 quilômetros por hora (a velocidade do som é de 1224 km/h). Além disso, durante a queda, ele precisou suportar temperaturas extremas como 70 graus Celsius negativos!
5. ALUCINÓGENOS
Algumas drogas não têm apenas valor nas ruas, pelo menos era o que achavam alguns cientistas. O LSD, por exemplo, quase foi promovido a arma de guerra – já que, teoricamente, deixaria o inimigo tão doidão que ele não conseguiria lutar. De 1955 a 1972 alguns soldados fumaram, cheiraram e injetaram tudo o que aparecia de novidade. Foi cogitada a criação de uma artilharia de alucinógenos, que despejaria as substâncias nos inimigos, deixando-os sonolentos.
4. GÁS
Em 2002 foi revelado que, durante os anos 70, alguns integrantes da marinha americana receberam pulverização de gases “experimentais”. Na época, eles tinham como objetivo evitar a contaminação dos tripulantes dos navios com doenças, mas posteiormente começaram os experimentos que criariam o Gás Mostarda. Possíveis doenças causadas nos marinheiros daquela época, como diversos tipos de câncer, ainda estão sendo analisadas.
3. PERCEPÇÃO EXTRA SENSORIAL
Pessoas que dizem terem poderes psíquicos não têm muito crédito entre cientistas – o que não impediu o Pentágono de investir 20 milhões de dólares em pesquisas sobre o assunto. O objetivo era que os “superdotados” pudessem “ver” bunkers e outras estruturas militares dos inimigos à distância, descrevendo-as depois para os militares. O projeto foi cancelado depois de tentativas falhas.
2. GUERREIRO 24 HORAS
O sono pode ser o pior inimigo de um guerreiro, seja durante o dia ou a noite, já que batalhas não têm hora para acabar. Mas vários grupos militares tentaram mudar isso, distribuindo estimulantes entre seus soldados. Mais recentemente, uma droga que faria com que os militares ficassem acordados até 40 horas foi testada. Atualmente, os cientistas americanos estão desenvolvendo maneiras de manter o cérebro ativo com eletromagnetismo – se você está com sono, um pequeno choque logo resolve.
1. CONSTRUA SUA ARMADURA INTERIOR
Não estamos longe de ter soldados como o Wolverine, de X-Men. Cientistas buscam implantar nos militares qualidades encontradas em animais, como a resistência a altitudes de determinados tipos de pássaro e a capacidade de redirecionar o fluxo sanguíneo para regiões “não-críticas” do corpo durante o mergulho, como os leões-marinhos. O objetivo final é fazer com que os soldados sejam “a prova de morte”, contra qualquer tipo de condição: doenças infecciosas, armas radioativas, altitudes e temperaturas extremas e ambientes naturais perigosos. Exatamente como super-heróis mutantes. [Live Science]

18 de jul de 2011

Crime Perfeito: Será Possível?

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:

Crime Perfeito: Será Possível?

Com esse título que mais parece a história de filme, está um caso real. Ele aconteceu em 2005 e foi tão bem planejado, que nem todos criminosos já foram pegos - e muito menos o dinheiro!
O alvo foi a caixa-forte do Banco Central do Brasil, situado em Fortaleza.
Com precisão e rapidez, o grupo levou o equivalente a R$ 164,7 milhões. E até hoje, menos de um terço do valor foi recuperado.

1 - Em maio de 2005, três meses antes da ação, os larápios alugaram um imóvel a cerca de 80 m do Banco Central. Eles reformaram a casa e criaram uma empresa de fachada chamada Gramas Sintéticas.
Assim, não levantavam suspeitas com a movimentação de terra retirada do túnel cavado até o banco.

2 - Com conhecimento de engenharia e munidos de mapas dos sistemas subterrâneos de água, esgoto e telefone da região, eles começaram a escavação. O túnel, com quase 80 m de comprimento e 70 cm
de largura, foi construído a 4 m de profundidade e levou três meses para ficar pronto.
Para evitar desabamentos, o túnel foi escorado com vigas de madeira e revestido de lonas de plástico. Tinha até iluminação e ventiladores.



3 - Entre os dias 5 e 6 de agosto (entre sexta-feira e sábado), com o banco fechado, os ladrões perfuraram o piso da caixa-forte, que ficava no térreo. Tinha 1,10 de espessura e era reforçado
com aço e concreto. Para não fazer barulho, eles usaram furadeiras, serras elétricas, maçaricos e alicates no lugar de explosivos.

4 - Somente quatro bandidos da quadrilha entraram no cofre. Lá dentro, eles bloquearam as três câmeras do circuito interno de vigilância com empilhadeiras e conseguiram roubar mais de R$ 164 milhões.
Detalhe: eles agruparam blocos contendo dezenas de cédulas de 50 reais.
Empilhadas, as notas chegariam a 33 km de altura - quase quatro montes Everest.
 
5 - A grana toda foi colocada em sacos de cereais, sendo que os mais pesados eram levados pelo túnel com a ajuda de um sistema de roldanas.
Em poucas horas, os bandidos transportaram 3,5 toneladas de dinheiro. A polícia estima que o roubo tenha sido concluído entre as 10 horas da manhã e o meio-dia de sábado.

6 - Como o furto só foi descoberto na segunda-feira, os ladrões tiveram quase dois dias de dianteira para fugir.
Para dificultar a ação da polícia, o bando se dividiu em subgrupos, que foram para diferentes lugares.
Parte do dinheiro foi enviada em malas para São Paulo e outra em carros transportados por um caminhão-cegonha, que foi flagrado em Minas Gerais.
A polícia também encontrou parte da grana em uma casa abandonada em Natal e em uma residência de Fortaleza.

Que fim levou?







O Crime desta vez, Compensou.




Agentes infiltrados entre os suspeitos descobriram a identidade dos chefes da quadrilha. Com isso, 26 das 36 pessoas envolvidas no assalto acabaram presas, mas apenas R$ 53 milhões foram recuperados.



1 de jul de 2011

beijar faz bem

BEIJO

01. Os Hershey’s Kisses têm este nome porque a máquina que os fabrica parece beijar a esteira transportadora ao depositar o chocolate.

02. Metade das pessoas tem o seu primeiro beijo amoroso antes dos 14 anos de idade.

03. Os corpos das pessoas, enquanto ocorre o beijo, produzem substâncias 200 vezes mais poderosas do que a morfina em termos de efeito narcótico. É por isso que um casal pode sentir euforia ou êxtase durante um beijo.

04. Beijo de borboleta’ é o nome dado a uma espécie infantil de beijo onde se esfrega suavemente os cílios no nariz ou bochechas de outra pessoa, com o movimento da pálpebra.

05. O beijo de língua é chamado de “união de almas” na França. Comumente os franceses são atribuídos pela invenção deste tipo de beijo.

06. O prazer do beijo pode estar ligado ao fato do tato labial ser duzentas vezes mais sensível do que o tato nos dedos.

07. Uma mulher beija uma média de 80 homens antes de casar, de acordo com estatísticas estado-unidenses.

08. Estudos indicam que 66% das pessoas mantêm os olhos fechados enquanto beija. O restante sente prazer em observar a miríade de emoções no rosto do parceiro (a).

09. Nos tempos medievais os beijos eram levados a sério. Se um casal era pego “nos agarros” poderia ser forçado a casar.

10. Beijar em público não é bem visto no Japão, Taiwan, China e Coréias. Os beijos japoneses típicos são ‘beijocas’ para nós e parecem ter sido criados para censurar a ‘perda da moral’ do ocidente. Um casal japonês deve manter certa distância antes de se curvarem de ousar se curvar para encostarem os lábios por um segundo.

11. Em alguns locais ou certas ocasiões beijar é crime. Nos EUA, no estado de Indiana, é ilegal que um homem de bigode “beije habitualmente seres humanos”, na cidade de Hartford, Connecticut, é ilegal que um marido beije a esposa no domingo.

12. O beijo mais longo durou 31 horas e foi realizado para um programa de televisão chamado “Ricki Lake” em 2002, na cidade de New Jersey.

13. A palavra ‘ósculo’ é sinônimo de ‘beijo’ em português. A palavra é originada do latim ‘osculum’, que significa ‘boca pequena’, ou seja, o movimento feito com os lábios no momento do beijo.

14. Em algumas tribos africanas se presta homenagem ao chefe ao beijar o chão por onde ele passou.

15. Nos EUA os beijos nas bochechas só são dados por pessoas íntimas e não é o cumprimento padrão como no Brasil ou na Europa.

16. A etiqueta vitoriana exigia que o homem se curvasse para beijar a mão das damas.

17. Na Rússia, o maior sinal de reconhecimento era um beijo do Czar.

18. Os antigos romanos beijavam uns aos outros nos olhos ou na boca como cumprimento.

19. Os esquimós, polinésios e malásios esfregam os narizes ao invés de beijar.

20. Mas ao contrário da crença popular os esquimós não apenas esfregam os narizes uns contra os outros para mostrar afeto e amor. Assim que os narizes se encontram eles abre um pouco suas bocas. Em seguida eles inspiram profundamente e solta o ar pelo narizes, com os lábios cerrados. Depois de saborear os aromas uns dos outros, os parceiros pressionam o nariz contra as bochechas uns dos outros e ficam parados nessa posição por um ou dois minutos.

21. Uma pessoa comum passa 20.160 minutos (14 dias) da sua vida beijando.

22. Estima-se que os homens que beijam suas esposas ao se despedir, antes de sair de casa, vivem cinco anos mais e ganham salários maiores do que aqueles que apenas batem a porta. Os homens da última categoria também tendem a sofrer mais acidentes de trânsito.

23. Beijar apaixonadamente por 90 segundos eleva a pressão sanguínea e causa aceleramento cardíaco. Aumenta o nível de hormônios no sangue reduzindo a expectativa de vida em um minuto.

24. Beijar ajuda a prevenir contra cáries, pois aumenta a produção de saliva que colabora na limpeza da boca.

25. Quem beija troca saliva contendo diversas substâncias como gordura, sais minerais, proteínas, etc. A troca destas substâncias pode incentivar a produção de anticorpos pela sua relação com antígenos associados a diferentes doenças.

26. Um beijo romântico rápido queima entre uma e três calorias. Um beijo de boca aberta com contato de língua de curta duração pode queimar cinco calorias. Um beijo de um minuto pode gastar até 26 calorias. Isso é o dobro do gasto de uma corrida intensa, na subida.

27. Durante o ato do beijo você coloca 29 músculos faciais em movimento. Em outras palavras o beijo pode ser usado como exercício eficiente para prevenir o aparecimento de rugas.

28. Beijar ajudar a relaxar e a reduzir os efeitos do estresse.

hypescience.com/beijar-emagrece-dieta

2 de jan de 2011

Máquina quântica

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:

Máquina quântica talvez a maior descoberta do ano de 2010


A criação do primeiro ponto entre o universo quântico do infinitamente pequeno e o mundo visível, por uma equipe de físicos americanos, foi considerada a descoberta científica mais significativa de 2010 pela revista americana Science.
O assunto foi revelado, em março, pela revista britânica Nature. Foi a primeira vez que cientistas demonstraram que os efeitos da mecânica quântica poderiam ser aplicados a um objeto visível, escreveu a Science.
Ao contrário do mundo visível, o universo quântico vê os átomos responderem a regras imprevisíveis. Assim, segundo as leis de Newton, no mundo visível, uma maçã cairá sempre da árvore no chão. Mas, os físicos Andrew Cleland e John Martinis, da Universidade da Califórnia, conseguiram, com sua máquina, demonstrar que o mundo visível poderia também sujeitar-se à mecânica quântica, abrindo caminho a aplicações potencialmente revolucionárias.
Os cientistas puderam obter um efeito quântico num pedaço de metal grosso o bastante para ser observado a olho nu formado de uma camada de nitreto de alumínio entre duas camadas de alumínio puro.
Na sua experiência, os pesquisadores americanos puderam, com a ajuda de um microcircuito elétrico supercondutor, que não oferece nenhuma resistência a temperatura muito baixa, fazer que sua máquina oscilasse e não ao mesmo tempo, num “estado superposto” do universo quântico no mundo do visível.
Esta “primeira máquina quântica” de 30 mícrons de comprimento (um mícron equivale a um milionèsimo de milímetro) é formada por materiais semicondutores que permitem tentar criar estados ditos “superpostos” comuns no universo quântico, sem recorrer a temperaturas tão baixas que são quase impossíveis de se obter, na prática.
Este estado aparentemente contraditório se produz simultaneamente. No universo quântico, o eixo de rotação de uma molécula pode também ser orientado em duas direções diferentes ao mesmo tempo.

8 de out de 2010

o corpo humano coisas curiosas

User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:
Aqui estão algumas curiosidades que obtive na internet:
- O cérebro possui 12 milhões de células nervosas (neurônios)
- Nosso cérebro pesa aproximadamente 1,4 kg. Ele consome 25% do oxigênio que respiramos
- Se uma pessoa nunca cortasse as unhas das mãos, elas mediriam cerca de 4 metros aos 80 anos
- Mais de metade dos ossos do corpo humano está nas mãos e nos pés :.
- Em média, uma criança de 4 anos faz 437 perguntas por dia (uau!)
- O esqueleto de um homem de 64 quilos pesa cerca de 11 quilos
- O olho humano é capaz de distinguir 10.000.000 tonalidades diferentes
- Se dormirmos, em média, 8 horas por dia, aos 40 anos teremos dormido 13 anos
- Com uma média de 70 batidas por minuto, o coração bate 37 milhões de vezes por ano
- Se não exercitarmos o que aprendemos, esquecemos 25% em seis horas, 33% em 24 horas e 90% em seis meses
- Um adulto elimina 3 litros de água por dia, por meio da urina, suor e da respiração
- O intestino delgado mede entre 6 a 9 metros. O intestino grosso tem 1,5 metros, mas é 3 vezes mais largo
- Por cada sílaba que o homem fala, 72 músculos entram em movimento. Para sorrir, são utilizados 14 músculos. Para beijar, são utilizados 29
- Cada soluço dura menos de 1 segundo e ocorrem com um frequência normal e regular de 5 a 25 vezes por minuto. O livro dos recordes menciona um soluço que durou 57 anos
- Todos temos 300 ossos quando nascemos, mas chegamos a adultos apenas com 206
- Uma pessoa normal tem aproximadamente 1460 sonhos por ano
- Os seios pesam, em média, 250 gramas cada um
- Uma piscadela de olho dura, em média, um décimo de segundo
- O menor músculo do corpo é o estapédio, que fica na cavidade do tímpano, no ouvido médio
- Os músculos mais fortes do corpo estão localizados em ambos os lados da boca
- O único osso do corpo humano que não se liga com nenhum outro é o hióide, que sustenta a língua e os seus músculos
- O cabelo cresce cerca de 0,6 cm por mês e mais depressa pela manhã do que em qualquer outra hora do dia
- Segundo cientistas japoneses, cada beijo diminui o tempo de vida em 3 minutos, tal o esforço exigido ao coração
- Os vasos capilares são 50 vezes mais finos do que um cabelo
- Uma pessoa possui quase um milhão de fios de cabelo
- O ácido hidroclorídrico presente no estômago é tão corrosivo que poderia deixar marcas na chapa de um automóvel
- Existem 5 milhões de glóbulos vermelhos e 10 mil glóbulos brancos em cada gota de sangue
- Uma pessoa possui, em média, gordura corporal suficiente para fazer duas dúzias de sabonetes
- Os impulsos nervosos podem ser transmitidos pelos nervos ou fibras musculares a uma velocidade superior a 320 km/h
- Cerca de 321.000 km de vasos transportam o sangue por todo o corpo de um adulto
- A superfícia da pele mede 2 metros quadrados e pesa cerca de 4 kg
- Em cada 2,54 cm de pele humana, existem 19 milhões de células, 60 pelos, 90 glândulas sebáceas, 5,79 metros de vasos sanguíneos, 625 glândulas sudoríparas e 19 mil células nervosas
- O maior músculo do corpo é o Grande Glúteo, situado na zona do traseiro
- O cérebro de um recém-nascido cresce quase 3 vezes o seu tamanho durante o primeiro ano!
- O cérebro está dividido em duas partes (hemisférios). O lado esquerdo controla o lado direito do corpo; e o lado direito do cérebro controla o lado esquerdo do corpo
- Os músculos dos olhos são os que mais trabalham. Estima-se que eles se movam mais de 100.000 vezes por dia
- Durante uma vida, o sistema digestivo aguenta com 50 toneladas de comida
- Os pulmões contêm quase 2400 km de vias aéreas e mais de 300 milhões de alvéolos
- As pessoas têm tendência para apanhar mais constipações no Inverno porque passam mais tempo dentro de casa e mais tempo perto de outras pessoas. Quando uma pessoas espirra, tosse ou até mesmo respira, os germes passam para o ar

13 de set de 2010

CEP

cepPara facilitar a entrega das cartas, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) dividiu o País em 10 regiões postais, estruturando o CEP pelo sistema decimal. Os oito dígitos significam, da esquerda para a direita, região (primeiro algarismo), sub-região (segundo), setor (terceiro), sub-Setor (quarto), divisor de sub-setor (quinto) e identificadores de distribuição (três últimos). Confira os algarismos e os Estados correspondentes a cada uma dessas regiões. Região 0 - Grande São Paulo Região 1 - Interior de São Paulo Região 2 - Rio de Janeiro e Espírito Santo Região 3 - Minas Gerais Região 4 - Bahia e Sergipe Região 5 - Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte Região 6 - Ceará, Piauí, Maranhão, Pará, Amazonas, Acre, Amapá e Roraima Região 7 - Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia Região 8 - Paraná e Santa Catarina Região 9 - Rio Grande do Sul.
Assim como o País está divido em 10 regiões postais (representados pelo primeiro algarismo), cada região está dividida em 10 sub-regiões (segundo), que geralmente é representada por uma cidade e suas adjacências. Cada sub-região está divida em 10 setores (terceiro), depois são 10 sub-setores (quarto) e mais 10 dividores (quinto). Por fim, os três algarismos após o hífen são denominados de Identificadores de Distribuição e destinam-se à identificação individual de localidades, logradouros, códigos especiais e unidades do correio.
O Código de Endereçamento Postal (CEP) é um número criado pelos Correios para facilitar e acelerar o encaminhamento da correspondência. De 1971 até 1992, ele teve cinco dígitos. Em 92 foram incluídos os últimos três algarismos, chamados de Identificadores de Distribuição.
Fonte: http://www.saphyria.com.br/?a=4080

5 de ago de 2010

De onde vem a energia elétrica?

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=GJChpyiP--Y&feature=related

29 de jul de 2010

Primeira reportagem sobre Correio Eletrônico no Brasil

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=PoA4qnEHuYc&feature=related

27 de jul de 2010

Multímetro

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=mivobcHnSx0&feature=related
 

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=y-rYV6mrfPY&feature=related
 

Circuitos Elétricos

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=s-PAbfZatxA&feature=related

18 de jul de 2010

descobertas científicas

Quase entramos na segunda década do século XXI e ainda esperamos por várias descobertas científicas que poderiam mudar o mundo como o conhecemos. Embora a ciência tenha feito descobertas marcantes nos últimos anos, muitas coisas vistas em filmes de ficção científica e sonhadas por muitos, como a cura para doenças que assolam milhões de pessoas, ainda não aconteceram. Confira a nossa lista de dez eventos científicos que em breve podem se tornar realidade!







Computador DNA:



O material genético que constitui os seres vivos tem uma capacidade incrível de armazenamento de informações. Um miligrama de DNA é capaz de guardar todos os materiais impressos do mundo, por exemplo. Agora imagine um computador com este tipo de armazenamento de imagens, documentos, sons e vídeos, em um espaço minúsculo. Por este motivo, os computadores de DNA são uma das criações mais aguardadas do século, mas que ainda está em sua fase inicial de testes, com protótipos-conceito, apenas.











Base permanente na Lua:



Desde os primeiros passos do homem na Lua, cientistas pensam em colonizar o satélite da Terra. Entretanto, motivos econômicos e técnicos, o projeto nunca foi levado para a frente, mas a agência estadunidense de pesquisas espaciais, a Nasa, tem planos de construir uma base permanente na Lua até 2024. Infelizmente o presidente Obama recentemente vetou o orçamento da Nasa para o retorno a lua. A agência européia, ESA, também tem planos para 2025, mas os projetos são criticados por muitos cientistas, que acreditam que o orçamento das caríssimas missões deveriam ir para projetos diferentes como o nosso item 5 da lista.








Transplante de cabeça:



Esta bizarra cirurgia poderia ser a resposta para praticamente todas as doenças que afetam o corpo humano, fora as da cabeça, que seria implantada no corpo de um doador. Entretanto, pesquisadores ainda não conseguiram desenvolver uma maneira eficiente de ligar a espinha dorsal à nova cabeça – ou seja, o corpo ficaria paraplégico. A cirurgia já foi realizada com algum sucesso em ratos, cães e macacos, e traz à tona questões éticas: se houvesse poucos doadores de órgãos, um corpo inteiro, com vários órgãos saudáveis indo para o transplante de apenas uma pessoa seria um ‘desperdício’, por exemplo.







Energia limpa:



Com todos os problemas trazidos pelo uso de combustíveis fosseis, além do seu custo cada vez mais alto, a criação e o uso exclusivo de tipos de energia limpas se torna cada vez mais importante. Embora o uso de tipos de energia alternativos estejam se tornando mais comum, os combustíveis fosseis ainda correspondem a cerca de 85% de toda a energia usada no planeta. Métodos de energia limpa que já existem são a solar, eólica, geotérmica, e muitas outras, que precisam ser aperfeiçoados para que sejam utilizados em grande escala, substituindo os combustíveis utilizados atualmente. Mas recentes avançam na fusão nuclear podem legar a energia infinita e muito barata.






Cura do Câncer:


O câncer é uma das doenças mais fatais da nossa época, e já tem muitos tratamentos que trazer chances de melhora o faz parecer que a doença se tornará como uma enfermidade crônica ‘gerenciável’ como a diabetes em alguns anos, mas nenhuma cura definitiva. Como o câncer existe em muitas formas diferentes, os tratamentos são variados e muito complexos. A doença mata mais de sete milhões de pessoas todo ano, mas esperamos que o aperfeiçoamento do item 2 da nossa lista possa ajudar a achar uma cura ou tratamentos mais eficientes contra os inúmeros tipos de câncer.







Missão tripulada para Marte:



Levar humanos para Marte é uma obsessão do campo científico já há algum tempo, mas a primeira missão tripulada para o planeta vermelho ainda não aconteceu. A missão poderia obter conhecimentos mais aprofundados sobre o planeta, e muitos especialistas acreditam que uma base permanente em Marte seria mais útil do que na Lua (o nosso item 9!). O problema é que a viagem para o planeta é cem vezes mais longa do que a para o satélite da Terra, e o clima do planeta é bastante diferente e de difícil adaptação para as naves espaciais. A Nasa e a agência européia pretendem mandar missões para o planeta vermelho até 2030, enquanto a agência espacial russa tem planos de mandar a primeira missão tripulada para lá em 2020.





Elevador espacial:


É claro que nós preferimos enviar coisas para o espaço através de um canhão espacial, mas um elevador espacial funcionaria como uma ligação melhor entre a Terra e as naves espaciais, e facilitaria muito as viagens ao espaço. Os planos de criação da construção variam, mas geralmente o enorme elevador seria construído e ligado a estações espaciais em órbita, funcionando como um meio de transporte de humanos e carga, facilitando e barateando as viagens. Os planos para a construção do elevador são para o início da década de 30.




Teoria de tudo:


Esta teoria da física explicaria a ligação entre as quatro forças fundamentais conhecidas atualmente: a eletromagnética, a força nuclear fraca, a força nuclear forte e a gravidade. A teoria das supercordas explica os princípios básicos da natureza, mas a teoria de tudo seria um grande pulo nos conhecimentos humanos sobre a física.





Nanomedicima:



A nanotecnologia tem o potencial de modificar o conhecimento humanos sobre varias áreas do conhecimento, mas uma das suas maiores contribuições pode ser à medicina, área em que suas aplicações são praticamente infinitas. As nanomoléculas podem carregar medicamentos com capacidade de destruir células cancerosas – e apenas estas células seriam afetadas, sem causar danos ao resto do corpo, como os tratamentos tradicionais. Técnicas avançadas podem utilizar as nanopartículas com medicamentos específicos para algumas partes do corpo, e nanorobôs funcionais (como estes criados recentemente) podem ser usados para realizar cirurgias delicadíssimas, além de destruir células e bactérias especificas. A nanomedicina ainda está dando os primeiros passos, mas a sua evolução poderá ser uma das maiores criações e avanços da medicina deste século.





Viagem ao centro da Terra:



Você já deve ter visto muitos filmes de ficção cientifica que chegavam ao centro da Terra, mas, na realidade, nunca chegamos lá. Uma jornada ao centro do planeta é difícil devido à pressão no local, porque, afinal, todo o peso da Terra está lá – e não conhecemos nenhuma substancia que consiga manter a sua forma em pressões tão altas. Atualmente o maior buraco feito pelo homem é cerca de 0,2% do tamanho total que teria que ter para atingir o centro da Terra, onde poderíamos encontrar um meio de energia limpa quase inesgotável.

28 de jun de 2010

iPhone 4 vs .50 Cal Sniper Rifle

visualizar


http://www.youtube.com/watch?v=fcnQ72sPZAI&feature=topvideos

30 de mai de 2010

Chuva Ácida

Chuva Ácida
Origens da chuva ácida, clima, Poluição do ar, desmatamentos, Protocolo de Kyoto, meio ambiente
Origens da Chuva Ácida 
A Revolução Industrial do século XVIII trouxe vários avanços tecnológicos e mais rapidez na forma de produzir, por outro lado originou uma significativa alteração no meio ambiente. As fábricas com suas máquinas a vapor, queimavam toneladas de carvão mineral para gerar energia. Neste contexto, começa a surgir a chuva ácida. Porem, o termo apareceu somente em 1872, na Inglaterra. O climatologista e química Robert A. Smith foi o primeiro a pesquisar a chuva ácida na cidade industrial inglesa de Manchester.
Atualmente, a chuva ácida é um dos principais problemas ambientas nos países industrializados. Ela é formada a partir de uma grande concentração de poluentes químicos, que são despejados na atmosfera diariamente.  Estes poluentes, originados principalmente da queima de combustíveis fósseis, formam nuvens, neblinas e até mesmo neve.
A chuva ácida é composta por diversos ácidos como, por exemplo, o óxido de nitrogênio e os dióxidos de enxofre, que são resultantes da queima de combustíveis fósseis (carvão, óleo diesel, gasolina entre outros). Quando caem em forma de chuva ou neve, estes ácidos provocam danos no solo, plantas, construções históricas, animais marinhos e terrestres etc. Este tipo de chuva pode até mesmo provocar o descontrole de ecossistemas, ao exterminar determinados tipos de animais e vegetais. Poluindo rios e fontes de água, a chuva pode também prejudicar diretamente a saúde do ser humano, causando doenças pulmonares, por exemplo.
Este problema tem se acentuado nos países industrializados, principalmente nos que estão em desenvolvimento como, por exemplo, Brasil, Rússia, China, México e Índia. A setor industrial destes países tem crescido muito, porém de forma desregulada, agredindo o meio ambiente. Nas décadas de 1970 e 1980, na cidade de Cubatão, litoral de São Paulo, a chuva ácida provocou muitos danos ao meio ambiente e ao ser humano. Os ácidos poluentes jogados no ar pelas indústrias, estavam gerando muitos problemas de saúde na população da cidade. Foram relatados casos de crianças que nasciam sem cérebro ou com outros defeitos físicos. A chuva ácida também provocou desmatamentos significativos na Mata Atlântica da Serra do Mar.
Estudos feitos pela WWF ( Fundo Mundial para a Natureza ) mostraram que nos países ricos o problema também aparece. Na Europa, por exemplo, estima-se que 40% dos ecossistemas estão sendo prejudicados pela chuva ácida e outras formas de poluição.
Protocolo de Kyoto 
Representantes de centenas de países se reuniram em 1997 na cidade de Kyoto no Japão para discutirem o futuro do nosso planeta e formas de diminuir a poluição mundial. O documento resultante deste encontro é denominado Protocolo de Kyoto. Neste documento ficou estabelecido que algumas propostas de redução da poluição seriam tomadas e seria criada a Convenção de Mudança Climática das Nações Unidas. A maioria dos países participantes votaram a favor do Protocolo de Kyoto. Porém, os EUA, alegando que o acordo prejudicaria o crescimento industrial norte-americano, tomou uma posição contrária ao acordo

Anelídeos


Características dos animais anelídeos, classes, oligoquetas, poliquetas e hirudíneos, respiração, corpo

Os anelídeos são animais invertebrados de corpo alongado, segmentado e mole. O corpo dos anelídeos é composto por uma cabeça numa das extremidades e uma calda em outra extremidade.
Classes de anelídeos

Oligoquetas

Os anelídeos oligoquetas vivem tanto em ambientes terrestres quanto em água doce. A respiração destes animais é cutânea (pela pele) e o apêndice é de tamanho reduzido ou até mesmo ausente, no caso de algumas espécies.
Exemplo: minhoca

Poliquetas

Grande parte destes anelídeos vive no mar. Em cada segmento do corpo possuem apêndices locomotores. Outra característica comum é que cavam buracos na areia.
Exemplos: sérpula e neréis.

Hirudíneos

Vivem tanto na água doce como no solo. Apresentam ventosas em cada extremidade do corpo. A respiração destes anelídeos ocorre através da pele (respiração cutânea).
Exemplo: sanguessuga
Curiosidade:
- Pesquisadores já catalogaram e estudaram mais de 6 mil espécies de animais anelídeos.

5 de mai de 2010

Japoneses e loiros serão extintos em menos de 200 anos!

Japoneses e loiros serão extintos em menos de 200 anos!
Segundo os cientistas, ambos estarão extintos até 2202. E os culpados somos nós mesmos.

Segundo estudos,as pessoas naturalmente louras vão desaparecer em menos de duzentos anos.Os estudos feitos na Alemanha dizem que o último humano louro nascerá na Finlândia (país que têm mais louros do mundo).

Os estudos revelam que não existem pessoas suficientes com o gene que produz a característica para continuar mantendo os louros no mundo.

A culpa, acreditam, é das falsas louras,que são mais atraentes do que as "originais".

Já os Japoneses...

Se a taxa de natalidade continuar caindo,os Japoneses serão extintos.

O motivo da preocupação é queo índice de fertilidade é de 1,35 filho por mulher. Se continuar neste rítmo,a população asiática cairá pela metade até 2100

4 de mai de 2010

MP3 players com sensores ópticos

Optical Sensors Make Any Gadget Its Own 
MouseTiny MP3 players são ótimos, mas os meios de navegação minúsculo que empregam muitas vezes pode ser uma grande dor no traseiro. O projeto Minput explora a possibilidade de utilização de sensores ópticos para permitir que os dispositivos de casal como os ratos.
O projeto vem Humano-Computador da Carnegie Mellon University Interaction Institute, e mesmo nestas fases iniciais os sensores podem registrar os movimentos horizontais e verticais, bem como filmes, slides e torções. Toda essa bondade entrada é demonstrado de forma impressionante em um conceito de álbum de fotos no vídeo acima, que permite ao usuário manter o seu (comparativamente) gordura dos dedos para fora da tela pequena do dispositivo.
O protótipo tem a sensores ópticos em uma tábua longa e montadas na parte inferior do aparelho, mas os pesquisadores da Carnegie Mellon dizem que poderia ser facilmente implementada para fatores de forma existente sem adicionar volume muito. Melhor de tudo: eles são apenas correr dos sensores do moinho, e as peças só saem para alguns dólares um pop completamente. Dito isto, no próximo ano, quando o cara no avião próximo a você está esfregando furiosamente seu iPod em sua virilha, tentar pensar voltar a este post. [gizmodo]

21 de abr de 2010

carros + roubados do brasil

User-agent: Mediapartners-Google*
Disallow:De cada 100 carros do mesmo modelo, veja quantos são roubados.


- 1º Parati: 3,8
Campeã de furto e roubo: três de cada 100 desaparecem. Alimenta desmanches com peças da linha Gol e é usada como carro de fuga, por ter motores mais potentes.


- 2º Troller: 2,89
Painel de instrumentos do Gol, maçaneta de Uno, retrovisor de D20, câmbio de Ranger, motor de S10... O quebra-cabeça é um prato cheio para os que revendem peças.


- 3º Voyage: 2,54
Saiu de linha há 11 anos, mas é um dos 20 usados mais vendidos e tem vários itens em comum com a primeira geração do Gol. Por isso, gera uma grande demanda por peças.


- 4º Tipo: 2,36
Sucesso nos anos 90, tem peças importadas ou difíceis de encontrar no mercado ofi cial. Por ser barato, o dono não pode pagar por peças caras - e o mercado ilegal agradece.


- 5º Stilo: 2,32
A esportividade atrai os ladrões. Mas não pela estética: seu desempenho torna-o atraente para fugas. A versão preferida é a Abarth, equipada com motor 2.4.


- 6º Prêmio: 2,30
Mesmo não sendo uma das estrelas do mercado de usados, entra na roda por ter várias peças em comum com o Uno e a Elba (outra "velhinha" bastante visada).


- 7º Audi A3: 2,09
É nacional, mas não deixa de ser um Audi - ou seja, peças originais caras. É normalmente acompanhado de acessórios atraentes. A versão preferida pelos ladrões é a 1.8 Turbo.


- 8º Quantum: 2,08
Fora de linha há quatro anos, virou queridinha dos desmanches. Como ela e o Santana têm o mesmo projeto desde 1991, as peças servem em versões antigas e mais novas.


- 9º Uno: 2,08
Há 22 anos sem grandes alterações, abastece um vasto mercado ilegal de peças. A maioria é vítima de furtos: em algumas capitais, só 8% somem num assalto.


- 10º Marea: 2,00
É o contrário do Uno: poucos se dão ao trabalho de furtá-lo. Até 84% são levados num assalto. As versões 2.4 são mais visadas, para desmanches ou como veículo de fuga.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Recent Posts

Total de visualizações de página

Minha lista de blogs

Marcadores

Postagens mais visitadas

+ procurados

Apple anunciou nesta terça-feira que mais de 3 bilhões de downloads Buscas pelo Air France 447 assumem nova estratégia Entidades se unem em Ubatuba para comemorar o Dia do Meio Ambiente Bloqueio de números de telefone Carros do Google Street View chegam a SP e RJ Esqueleto-robô dá força sobre-humana a soldados Bitucas de Cigarro viram Adubo Como fazer um gerador de energia solar Aplicativo de iPhone funciona como antiacne celular descartavel carros híbridos mais eficientes blackberry Melhores aplicativos empresas mais lembradas pelas pessoas Impressora que não precisa de tinta ou papel fixo para fixo gratis 5 minutos e o fim dos shoppings center Lentes de contato de células-tronco curam cegueira com menos de 2 horas no hospital Coisas que você não sabia do seu corpo Como é feito o plástico estes alimentos podem prolongar sua vida MP3 Player Philips Activia mantém ritmo de corrida 1 bilhão de aplicações Hacker ensina a desbloquear o PS3 Windows e processador Atom fazem robô andar iPad de 16 GB custará US$ 499 Lenovo anuncia smartbook com Snapdragon Fumaça Colorida Google lança celular Nexus One Rival Palm do iPhone recebe avaliações positivas Superbot: O Transformer da vida real mande um torpedo gratis Samsung também aposta no Atom N450 melhores celulares do mundo Invenções malucas TeleJogo - O primeiro vide-game Brasileiro MP3 players dirigir com a sua língua: Mimi Switch animais utilizados na guerra Óculos para esqui vêm com câmera de 5 MP embutida Apple anunciou nesta terça-feira que animal deaths FEBRE AMARELA Lista dos Famosos Inventores fatos cientificos Quem inventou o papel grindhouse gueera 1º Video Game do Mundo Charadas Matemáticas O lançador de granadas XM-25 vida sintética até o final de 2010 jãpão já está à venda seu pé é o melhor tenis o smartphone do Google peliculas de guerra exploração Bots SAUDE dicas orange a laranja irritante perguntas mais difíceis de responder Envie torpedos de graça Guia de Herpetofauna Medidas para controlar o mau hálito Nexus One laguerra piramide alimentar (food pyramid) um chupão pode te paralisar Primeiro homem curado da AIDS Sandália de papelão marte água LICENÇA DE PESCA Motorola Xoom Novo Signo Descobertogueera motorola atrix super-8 um chupão po Evite ser traido programas do governo rec6 tatuagens 3D tratamento calvice carteira de motorista gratis tutorial